Ricardo Libório organiza resenha com craques do Jiu-Jitsu e MMA em escolas dos EUA

Share it

Ricardo Libório está na missão de integrar o Jiu-Jitsu nas instituições de ensino americanas. Foto Reprodução

O Jiu Jitsu é uma das artes marciais de mais rápido crescimento nos EUA e particularmente na Flórida, estado no qual o esporte integrou programas modelo em oito colégios de segundo grau, em Seminole e Orange County, além da University of Central Florida (UCF).

Como 95% dos participantes de Jiu-Jitsu praticam o esporte como uma disciplina ou hobby ao invés de treinar para competir, o BJJ Knights Club da UCF e o Instituto de Justiça Social e Esportiva vão receber o “Resenha Jiu-Jitsu” no dia 2 de março, aberto para todos os alunos, praticantes e interessados em geral.

Espectadores que desejam aprender mais sobre os benefícios mentais e físicos do esporte, incluindo ajuda na autodefesa, ansiedade, depressão, foco e autoconfiança, serão recebidos das 10h às 17h, começando com um seminário liderado pelo professor Ricardo Libório, faixa-preta de Jiu-Jitsu com renome internacional, que é treinador de muitos lutadores do UFC e também leciona no MMA Club da UCF.

Keith L. Lee, vice-presidente e COO do Instituto para o Esporte e Justiça Social, disse que o objetivo da organização é ter locais chamados de “Mat and Chat” em todas as escolas de ensino médio da região, para promover a autodisciplina, respeito e dar voz aos jovens através do esporte.

“Trabalhamos com todos os principais esportes, como NFL e NBA, mas estamos entusiasmados com o Jiu-Jitsu porque ele ensina os jovens a ajudar suas comunidades”, disse Lee.

Liderando o evento Resenha e os BJJ Clubs em escolas como Edgewater e Acceleration East, o professor Ricardo Libório diz que projetos similares também estão em andamento em universidades do estado, incluindo a Universidade da Flórida, Universidade de Miami, Florida International University e Florida Atlantic University, além da Universidade do Sul da Flórida. Ele acrescentou que cada escola ou clube universitário deve apoiar uma causa social ou de caridade como forma de apoiar suas comunidades.

“Toda escola pode escolher sua própria organização para apoiar”, disse Libório. “Por exemplo, a equipe UCF BJJ Knights apoia o Instituto Nacional para Cegos. Essa é uma das maneiras com o qual o BJJ ajuda os jovens a desenvolverem suas habilidades sociais.”

Embora os programas-modelo visem adolescentes e estudantes universitários, Libório enfatizou que atletas de todas as idades praticam Jiu-Jitsu, já que as técnicas permitem que pessoas de todas as idades e tamanhos subjuguem seus adversários. No Resenha teremos um seminário, uma sessão aberta e uma competição, quer dará aos participantes a oportunidade de aprender mais sobre o estilo de vida do Jiu-Jitsu e conhecer alguns lutadores do UFC, como Ben Saunders e Ronaldo Jacaré, além de astros campeões de Jiu-Jitsu como Rodolfo Vieira e Gezary Matuda.

A admissão para os espectadores é gratuita, enquanto qualquer um com 18 anos ou mais interessado em participar das sessões de Open Mat ou da competição pode entrar em contato com o gerente de projetos Arman Badrudeen no (754) 244-0167. As taxas são de US$ 30 para estudantes e US$ 60 para não estudantes. Para mais informações, contate Rhonda Price no (561) 371-9407 para entrevistas, ou Keith L. Lee no Institute for Sport and Social Justice, no (407) 823-4770.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *