Kron Gracie usa o Jiu-Jitsu e finaliza rápido no UFC Phoenix; Francis Ngannou nocauteia Cain Velasquez

Share it

Kron ataca o pescoço de Caceres no UFC Phoenix. Foto: Zuffa LLC via Getty Images

Noite de grandes emoções no UFC Phoenix, realizado no último domingo, dia 17 de fevereiro, no Arizona. Além da colisão entre Francis Ngannou e Cain Velasquez, luta principal no qual Francis levou a melhor em poucos segundos, outro duelo muito aguardado tomou lugar no card principal.

Kron Gracie, filho de Rickson Gracie, chegava na divisão de pesos-penas do UFC com quatro vitórias por finalização, e a responsabilidade de representar a família mais casca-grossa do mundo. Seu adversário, Alex Caceres, conhecido por seus golpes pouco ortodoxos, poderia ser um problema para o Gracie da média para a longa distância, mas o Jiu-Jitsu da fera brasileira logo entrou em ação.

Logo nos primeiros minutos, assim como em suas apresentações anteriores, Kron seguiu a estratégia Gracie ao encurtar a distância. Evitando os golpes de Alex, Kron se posicionou atrás do adversário, com um gancho atravessando a coxa de Alex e terminando no joelho oposto. Ao levar a luta por solo, Kron girou para colocar o segundo gancho, e para liquidar a fatura bastou um ajuste fino no mata-leão.

Na luta principal, Francis Ngannou pisou no cage para receber Cain Velasquez, que voltava ao cage após quase três anos inativo. A luta não durou muito: logo em sua primeira investida, Cain se expos e um justo golpe de Ngannou tonteou Cain. No caminho ao solo, Cain torceu o joelho e ficou entregue ao ataque de Ngannou, que bateu para garantir a vitória.

Outro destaque do card principal ficou para a vitória do brasileiro Vicente Luque sobre Bryan Barberena. Após três assaltos de trocação intensa, Vicente conseguiu aplicar bom golpe no fim do terceiro assalto para vencer e garantir o bônus de luta da noite. Os outros prêmios de 50 mil dólares ficaram para Kron Gracie e Luke Sanders, este último ao nocautear Renan Barão no segundo assalto.

Confira abaixo os resultados completos!

UFC Phoenix
Arizona, EUA
17 de fevereiro de 2019

Francis Ngannou nocauteou Cain Velásquez aos 26s do R1
Paul Felder venceu James Vick na decisão unânime dos jurados
Cynthia Calvillo venceu Cortney Casey na decisão unânime dos jurados
Kron Gracie finalizou Alex Caceres no mata-leão aos 2min06s do R1
Vicente Luque venceu Bryan Barberena por nocaute técnico aos 4min54s do R3
Andre Fili venceu Myles Jury na decisão unânime dos jurados

Card preliminar

Aljamain Sterling venceu Jimmie Rivera na decisão unânime dos jurados
Manny Bermudez finalizou Benito Lopez no triângulo de mão aos 3min09s do R1
Andrea Lee venceu Ashlee Evans-Smith na decisão unânime dos jurados
Nik Lentz venceu Scott Holtzman na decisão unânime dos jurados
Luke Sanders nocauteou Renan Barão a 1min01s do R2
Emily Whitmire finalizou Alexandra Albu no mata-leão a 1min01s do R1

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *