Aldo nocauteia Moicano; Demian, Do Bronx e Marlon finalizam no UFC Fortaleza

Share it

José Aldo em joelhada certeira sobre Moicano. Foto: Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images

Noite de grandes emoções no Ceará, na edição do UFC realizada em Fortaleza, nesse sábado, dia 2 de fevereiro. Com 17 brasileiros em 13 lutas, o card teve entre os principais destaques a finalização de Marlon Moraes sobre Raphael Assunção na luta principal e o nocaute técnico de José Aldo sobre Renato Moicano na luta coprincipal, além do Jiu-Jitsu afiado de Demian Maia e Charles do Bronx, ambos com sucessos finalizando no chão.

Na luta principal, a aguardada revanche entre Marlon Moraes e Raphael Assunção poderia definir o próximo postulante ao cinturão dos pesos-galos. No primeiro encontro, Raphael levou a melhor na decisão dividida, mas Marlon estava determinado a encerrar a disputa dessa vez.

A luta começou estudada, mas o duelo se abriu após dois golpes certeiros de Marlon, que levaram Raphael ao solo, fazendo guarda fechada para Marlon. No chão, Marlon conseguiu se livrar da guarda e ficar por cima, mas antes de levantar para a trocação a fera deu um tiro na guilhotina, que pegou justa no pescoço de Raphael, restando a este apenas os três tapinhas.

Já na luta coprincipal, e possivelmente o duelo mais esperado pelos fãs cearenses, José Aldo Júnior mais uma vez mostrou o porquê de ser um dos pesos-penas mais temidos de todos os tempos. O combate com Renato Moicano, porém, não foi moleza: o primeiro assalto pendia para o lado de Moicano, que usando sua envergadura conseguiu trabalhar na distância e trazer José Aldo para seu raio de ação, atacando no contragolpe. No segundo round, porém, Moicano se expôs um pouco mais, e Aldo não perdoou.

Após Moicano se aproximar com o braço esticado, Aldo conseguiu uma brecha para aplicar um soco cruzado limpo. Moicano sentiu e Aldo partiu para cima com tudo, disparando socos na linha de cintura e uma joelhada, antes de liquidar o serviço com socos na cabeça. Foram mais de 20 golpes consecutivos antes da interrupção do árbitro no segundo assalto. Vitória expressiva para o ex-campeão, que tem ainda duas lutas no contrato e pretende fazer ambas no Brasil, antes de se aposentar. Nomes como Brian Ortega, Alex Volkanivski e até Conor McGregor mostraram interesse de enfrentar a fera antes desta pendurar as luvas.

Antes, Demian Maia deu mais uma aula de Jiu-Jitsu no octógono do UFC. A estratégia clássica do professor de Jiu-Jitsu dessa vez foi aplicada sobre Lyman Good. Logo nos primeiros segundos, Demian fez sua investida no single-leg variando para o double-leg. Lyman foi ao solo, mas ao se levantar viu Demian ficar pelas costas, e com um passa pé tirar a base do adversário para “mochilar” com sucesso. Depois, bastou a Demian trabalhar com paciência até finalizar no mata-leão.

Ainda no card principal, Charles do Bronx superou duas dedadas no olho para voltar ainda mais potente na luta contra David Teymur. Com pressão nos golpes em pé, Charles desnorteou David antes de atacar no triângulo de mão sem chance de fuga para o oponente. Agora, Charles acumula 13 vitórias por finalização ao seu recorde do UFC, quatro delas consecutivas.

Outros destaques ficaram para o triângulo de mão de Markus Maluko sobre Anthony Hernandez e para o nocaute de Johnnny Walker em 15s de luta sobre Justin Ledet. Confira abaixo os resultados completos!

UFC Fortaleza
Fortaleza, Ceará
2 de fevereiro de 2019

Marlon Moraes finalizou Raphael Assunção na guilhotina aos 3min17s do R1
José Aldo venceu Renato Moicano por nocaute técnico aos 44s do R2
Demian Maia finalizou Lyman Good no mata-leão aos 2min38s do R1
Charles do Bronx finalizou David Teymur o triângulo de mão aos 55s do R2
Johnny Walker venceu Justin Ledet por nocaute técnico aos 15s do R1
Livinha Souza venceu Sarah Frota na decisão dividida dos jurados

Card preliminar

Markus Maluko venceu Anthony Hernandez por finalização a 1min07s do R2
Mara Romero Borella venceu Taila Santos na decisão dividida dos jurados
Thiago Pitbull venceu Max Griffin na decisão dividida dos jurados
Jairzinho Rozenstruik venceu Junior Albini por nocaute técnico aos 54s do R2
Geraldo Freitas venceu Felipe Cabocão na decisão unânime dos jurados
Said Nurmagomedov venceu Ricardo Carcacinha por nocaute técnico aos 2min28s do R1
Rogério Bontorin venceu Magomed Bibulatov na decisão dividida dos jurados

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *