A planilha de treinos de Raphael Abi-Rihan para quem quer competir no Jiu-Jitsu

Share it
Raphael Abi-Rihan controla o braço de Filipe Jerry na campanha rumo ao ouro no Brasileiro de Jiu-Jitsu 2009. Foto por Gustavo Aragão.

Raphael Abi-Rihan controla o braço de Filipe Jerry na campanha rumo ao ouro no Brasileiro de Jiu-Jitsu 2009. Foto por Gustavo Aragão.

Craque das competições master, o faixa-preta Raphael Abi-Rihan costuma equilibrar com sucesso os treinos e a vida pessoal e profissional fora do dojô (funções paternas, restruturação da academia, camps, organização de eventos etc).

“Minha rotina semanal de trabalho é muito intensa e vai de segunda a sábado. Eu trabalho cerca de seis horas por dia com atividades físicas fora do Jiu-Jitsu”, explica Abi-Rihan.

A pedido do GRACIEMAG.com, o campeão brasileiro adulto de 2009 detalhou recentemente sua rotina otimizada de treinos de Jiu-Jitsu.

1. Jiu-Jitsu 4 vezes por semana

“Tenho o privilégio de contar com um grande grupo de alunos, com mais de uma dezena de faixas-pretas na minha academia, para me ajudar no suporte técnico. Acredito também que dar aulas faz parte do treinamento para a luta. Eu treino Jiu-Jitsu quatro vezes por semana, com treinos técnicos, de resistência, treino em pé e treino lúdico.”

2. Método para afiar o Jiu-Jitsu

“Elejo quais são as minhas turmas de Jiu-Jitsu mais avançadas e escolho um dia na semana para treinar com cada uma. Um dia eu treino a parte técnica com minha turma de masters. No outro dia, treino a minha resistência no treino ‘da sauna’, que é a aula de meio-dia, com a turma dos ‘psicopatas’. São meus alunos mais bem preparados fisicamente. No outro dia, treino em pé e no chão com a massa do treino da noite, que é o mais cheio e com alunos de níveis variados. No sábado, vou para academia como aluno, e é um dia que treino bem à vontade.”

3. Preparação física voltada para o Jiu-Jitsu

“Minha preparação física é de três a quatro vezes na semana, dividido em: treino de musculação básico, levantamentos olímpicos, puxadas específicas e treinamento funcional. Dou prioridade a cada treino dependendo da época. No momento estou fazendo mais básico de musculação e funcional. Mais perto das competições, dou prioridade para os específicos e levantamentos olímpicos.”

4. Alimentação para ser campeão no Jiu-Jitsu

“Minha alimentação é equilibrada em três aspectos: saúde, guerra e festa. O fato de minha esposa ser nutricionista me ajuda a equilibrar os três quesitos. Funciona assim: no fim e no início de ano, é festa. A partir de agora, é mais saúde e pouca festa. E, próximo das principais competições, é muita saúde, guerra e nada de festa. A palavra chave é equilíbrio!

* Saúde é a alimentação do dia a dia, balanceada de segunda a sexta para controlar o peso e manter a imunidade sempre em alta. É obrigação de um professor estar sempre saudável.

* Guerra são os suplementos e alimentação específica para o treino forte. O lutador deve ser uma máquina pronta pra guerra.

* Festa é o vinho com a patroa e a confraternização com os amigos ao comemorar algo ou ver os brasileiros lutando o UFC pelo canal Combate. Afinal, o funcionário do Jiu-Jitsu também é um ser humano!”

5. Amor e estilo de vida

“Essa é a minha rotina, trabalho uma média de 50 horas semanais, sou pai de família, treino com os alunos e luto por amor. Não sei se os bons resultados sempre estarão comigo. Farei o possível. Mas já considero a minha carreira vitoriosa pelo estilo de vida que levo hoje, graças a minha família e ao Jiu-Jitsu!”, conclui Raphael Abi-Rihan.

E você, gostou da rotina de Abi-Rihan para se dar bem em campeonatos? Comente abaixo.

Ler matéria completa Read more
There are 20 comments for this article
    • Feijão at 11:13 am

      Campeão Brasileiro
      Campeão Rio Internacional Open
      Campeão Mercosul (Peso e Absoluto)
      Campeão Europeu
      É realmente deve ser muito acomodado!

  1. Daniel Vianna at 5:32 pm

    Venho acompanhando a carreira do Raphael desde a faixa roxa, sempre foi um excelente atleta e muito disciplinado. Parabéns pela dedicação !!!!!!!
    Prof. Daniel Vianna

  2. michael andretta at 5:50 pm

    péssimo treino , issu é pra competidor acomodado , o negocio é mais de um treino de jiu jitsu por dia 6 vezes por semana , e preparaçao fisica 5 vezes por semana , dieta ( pra eliminar gorduras e melhorar o condicionamento cardiovascular ) a base de proteinas pra garantir a força , e foco na competiçao …

      • Felipe Madimbu at 1:28 am

        Realmente Jonas_99 o Raphael é um grande atleta ja vi lutando varias vezes e tambem vencendo as competições mais importantes do esporte. Ja o Sr michael andretta… nao me lembro de ter ganho nada. Parabens a Graciemag pela materia.

        • Luiz Aguiar at 2:47 pm

          Tem umas pessoas que viajam…tem gente que tem o dom e não precisa fazer 30 treinos por semana de 3 horas cada….além de tudo o cara consegue trabalhar, cuidar da familia e treinar…isso é importante! Parabens Guerreiro!! abs

    • Alexcicero83 at 12:25 am

      Deveria pensar um pouco mais, antes de sair falando uma besteirada dessa, mas se quiser conferir o potencial desse péssimo treino só buscar o currículo do competidor acomodado e pensa melhor, mas vem cá o que vc já fez ou faz pelo Jiu – Jitsu?
      Passa lá pra dar um treino.

    • Anônimo at 12:11 pm

      Pô!!!!!! na moral vei “cada um cada um” mlk só da escola que o cara é não precisa falar mais nada me recordo de uma reportagem se não me engano foi o Frota que fez uma aluno do Carlson fala que “Faixa Roxa” da Equipe deles da pau em muito preta de outras academias kkkkkkk isso era fato mlk os caras eram foda com Rafa não é diferente!!!! ai Rafinha!!!!!! no dia que me convidar pra ir ai no RJ pra bater um treino já é……. irmão!!!!! do Planalto para RJ para beber água da fonte.

  3. Pingback: UFC and No-Gi Jiu-Jitsu ace Miguel Torres teaches flank attack - BJJ Nation.com
  4. Vinicius de Barros at 4:19 pm

    Raphael Abi Rihan é um excelente atleta, fera braba sabe bem o que diz e não é a toa que é uma dos nomes do estado do Rio de Janeiro na categoria Médio e Meio pasado, o cara ja ganhou tudo e sempre vive dando a cara para bater e colocando o nome em campeoantos de jiu jitsu, além de um excelente professor é um atleta e mostra sempre para seus alunos que o mais imporatnte é competir e claro se possível sair com as conquistas, desejo sempre o mlehor para ti grande campeão. Abrqaços – Vinícius de Barros

  5. nilsinho at 10:27 pm

    Boa Matreia, isso ae, oss, alimentaçao, fundamental, cuidar da saude, tempo para tudo, isso ae, vejoq da para ser um atelta oranizando-se, ate memso, com o vinhoe a cervejinha regrados logico, rsrs oss,

  6. Lysandra at 5:50 pm

    ‘…Treino com os meus alunos e luto por amor”
    Você é nosso campeão, nosso amigo, nosso Mestre e nosso Pai. Um exemplo de vida em todos os aspectos!
    Parabéns, pois já és um VENCEDOR!

    Bjs, Lys

  7. Lysandra at 5:52 pm

    ‘…Treino com os meus alunos e luto por amor”
    Você é nosso campeão, nosso amigo, nosso Mestre e nosso Pai. Um exemplo de vida em todos os aspectos!
    Parabéns, pois já és um VENCEDOR!

    Bjs, Lys

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *