King of Mats retorna a Abu Dhabi com GP de pesos médios no Jiu-Jitsu

Share it

Arges chega como um dos favoritos ao título. Foto: Ane Nunes/Gentle Art MediaApós os pesos pesados ​​incendiaram os tatames em Los Angeles, em setembro do ano passado, quando Erberth Santos garantiu seu lugar como desafiante ao cinturão do King of Mats, é chegada a hora dos dez melhores competidores de peso médio do mundo se enfrentarem em Abu Dhabi, pela chance de desafiar o cinturão de Charles Negromonte.

As disputas entre as feras nesta edição do Abu Dhabi King Of Mats começarão no sábado, dia 12 de janeiro, no Mubadala Arena, como parte do Grand Slam de Jiu-Jitsu em Abu Dhabi. Quem são os dez concorrentes à vaga pelo título peso médio? Confira a seguir os nomes e descrições rápidas de cada participante.

Gabriel Arges (Gracie Barra)

Natural de Belo Horizonte, Arges é um dos competidores mais talentosos que saíram da fábrica de talentos de Romulo Barral. Aos 25 anos, ele acabou de abrir sua própria academia em Thousand Oaks, na Califórnia, mas continua muito ativo no cenário mundial de competições. Bicampeão do Abu Dhabi World Pro (2015/2016), Arges é conhecido por seu jogo de guarda arisco, e entra com um dos favoritos para chegar na final.

Roberto Satoshi (Bonsai Japão)

Nascido em São Paulo, Satoshi, de 29 anos, vem de uma rica linhagem dentro do Jiu-Jitsu. Filho do falecido mestre Adilson de Souza, ele e seus irmãos Mauricio Souza e Marcos Yoshio mudaram-se para o Japão para ensinar a arte no país de suas origens. Conhecido por seu jogo de guarda muito perigoso, Satoshi é bicampeão do ADWPJJC (2012/2014) e promete chegar entre as cabeças na disputa.

Isaque Bahiense (Aliance)

Atleta natural do Rio de Janeiro, hoje residindo em São Paulo, Isaque Bahiense iniciou sua jornada no Jiu-Jitsu com o professor Fabio Andrade, como parte do plantel da Nova União. Como faixa-marrom, ele trocou de equipe e ingressou na Aliance sob o comando do professor Fabio Gurgel, onde acabou conquistando a faixa-preta. Aos 23 anos de idade, Isaque se tornou um dos competidores mais talentosos de sua geração. Campeão em 2018 do ADWPJJC, ele tentará impor suas passagens de guarda implacáveis em todos os adversários.

Espen Mathiesen (Kimura)

De Egersund, na Noruega, Mathiesen, agora com 23 anos, entrou na cena dos faixas-pretas de forma explosiva. Depois de grandes resultados nas faixas coloridas, ele teve sua grande façanha realizada no ADWPJJC 2018, com um desempenho poderoso para ganhar a divisão de 77kg. Habilidoso guardeiro, Mathiesen será uma ameaça para todos os adversários.

Gilbert “Durinho” Burns

Aos 32 anos, Burns usará toda a sua experiência para superar um grupo muito difícil de competidores. Nascido em Niterói, no Rio de Janeiro, Durinho está sempre à procura de uma abertura no jogo do seu adversário para chegar às costas, sua técnica favorita. Campeão do ADWPJJC em 2009, Durinho conseguiu se manter ativo e bem sucedido no circuito de Jiu-Jitsu, apesar de também ter uma intensa carreira no MMA.

Diego Ramalho (ZR Team)

Natural de Recife, Diego Ramalho é outro talento na faixa-preta sob a tutela de Zé Radiola. Agora morando na Califórnia, ele divide seu tempo entre o treinamento de competição e o ensino de Jiu-Jitsu. Aos 25 anos, Ramalho é uma força a ser considerada na divisão dos médios. Com um jogo forte e ataques perigosos nas pernas e pés de seus adversários, ele tem sido um rosto familiar em pódios ao longo da atual temporada.

Alan “Finfou” Nascimento (Checkmat)

Aos 36 anos, Finfou é o mais experiente de todos os concorrentes na lista de médios. Nascido em Niterói, Finfou entrou no Jiu-Jitsu sob o comando do lendário Fernando Tererê. Agora, vivendo e ensinando Jiu-Jitsu na Suécia, Finfou viaja frequentemente para competir em todo o mundo. Ele certamente trará seu perigoso jogo de guarda para os tatames de Abu Dhabi e não deverá ser surpresa para ninguém se ele pegar um ou mais oponentes no seu temido triângulo.

DJ Jackson (Lloyd Irvin)

O americano do grupo é um wrestler poderoso com um jogo intenso e força física impressionante. Direto de District Heights, em Maryland, DJ Jackson, 30 anos, treinou toda a sua carreira com o professor Lloyd Irvin. Em Abu Dhabi, ele irá buscar seu jogo clássico: derrubar, passar a guarda e provavelmente pegar na kimura do controle lateral.

Manuel Ribamar (Unity Jiu-Jitsu)

De Manaus, Ribamar é um dos maiores talentos de sua geração, com resultados impressionantes em torneios em todo o mundo. Pupilo no Jiu-Jitsu dos professores Rodrigo Pinheiro e Cícero Costha, Ribamar se estabeleceu como um dos principais candidatos em sua categoria de peso. Com 25 anos de idade, ele chega a Abu Dhabi para fazer um grande esforço na competição com a esperança de chegar ao topo.

Rudson Mateus (Caio Terra Association)

Nenhum braço está a salvo quando Rudson Mateus está no tatame. Nascido em Manacapuru, no Amazonas, ele apareceu no cenário de competição como um foguete, alcançando resultados importantes nas faixas coloridas. Como faixa-preta do técnico Caio Terra, Rudson desenvolveu seu jogo ainda mais. Ele tem sido muito bem sucedido na presente temporada. Em Abu Dhabi, ele será um forte candidato ao primeiro lugar no peso médio.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *