UFC 229: professores e craques do MMA condenam trash talk

Share it

McGregor provocou Khabib na hora da encarada. Foto: Zuffa LLC via Getty Images

Cenas improváveis marcaram o final do UFC 229, realizado no último sábado, dia 6 de outubro, em Las Vegas. Após a luta principal entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor, desentendimentos pré-luta e palavras desferidas na hora forjaram uma enorme confusão com atletas e córneres em uma briga generalizada.

A lamentável situação foi condenada por fãs e imprensa de todo mundo. Lutadores também deram sua opinião, e alguns deles trouxeram um ponto de vista interessante a ser observado para que situações como esta não voltem a acontecer. A maior parte destes comentários se voltam ao mesmo tema: acabar com o trash-talk.

Vitor Belfort, ex-campeão do UFC hoje aposentado, falou sobre a importância dos veteranos darem exemplo aos lutadores mais jovens, ao vender a luta sem exageros na hora de provocar o oponente.

“Mau comportamento deve ser tratado com a resposta certa a cada caso”, disse Belfort no Instagram. “Regras claras devem ser escritas para que todos saibam o modo certo de se portarem e as consequências por se desviarem do correto. Até quando desrespeito, violência (mesmo que verbal) e xingamentos serão tolerados?”

Visualizar esta foto no Instagram.

@ufc @danawhite @khabib_nurmagomedov @thenotoriousmma #mma #fighters There is a few rules in life that in any circumstances they have to be respected. Bad behavior has always to be addressed with a proper answer. Clear rules have to be written to let everyone know how to conduct themselves. The problem on my point of view is the “Rewarding System” that have been ruling the sport, that I literally gave my blood to build, lately. What we saw yesterday, is just the outcome of a rotten “Rewarding System.” Until when disrespect, violence (even if it’s verbal), cursing etc… Will be allowed? Until what point this embarrassment will be allowed? If things keeps growing out of proportion like this. Supposedly “fighters” will begin to show up to the press conference flashing guns to the audience. Once again, I ask to all the professional, even amateur fighters, coaches etc… Please, don’t stimulate this kind of behavior! This will be the end of our sport! I would like to call all the MMA legends to show this new generation the right path. If you are not fighting anymore, use your social media to educate them. If you still have it on you, get back fighting and show what are the martial arts principles…. We need a clear CODE OF CONDUCT. Like in any other sport. Yesterday was a very sad day for all of us… I would like to congratulate @khabib and @Connor for the fight, but I just can’t… Existem algumas regras na vida que devem ser respeitadas em qualquer circunstância. Mau comportamento deve ser tratado com a resposta certa a cada caso. Regras claras devem ser escritas para que todos saibam o modo certo de se portarem e as consequências por se desviarem do correto. O problema no meu ponto de vista, é o “Sistema” que vem controlando o esporte, que literalmente dei meu sangue para construir. O que assistimos ontem foi a consequência de um “Sistema” podre e irresponsável. Até quando desrespeito, violência (mesmo q verbal), xingamentos etc.. Serão tolerados? Até quando essa vergonha será tolerada? Se as coisas continuarem no curso q estão. Daqui a pouco “lutadores” irão para a conferência de imprensa ostentando armas para o público. Mais uma vez, peço para todos luta

Uma publicação compartilhada por Vitor "The Phenom" Belfort (@vitorbelfort) em

Já para o professor Vinicius Draculino, experiente líder da Gracie Barra, há de se construir limites para este tipo de promoção, e que certos temas abordados podem gerar confusões ainda maiores.

“O trash-talk tem que ter limites”, disse Draculino no Instagram. “O lugar e a cultura de onde eu venho deixa claro que se você quer falar o que quer, tem que estar pronto para as consequências e isso pode se trágico. Família, religião, doenças e traumas não podem ser usados para construir uma luta. Nenhum dinheiro no mundo pode pagar os danos que más palavras desferidas em público podem causar a outras pessoas.”

E você, amigo leitor, o que acha do trash-talk sem limites no MMA e no UFC? Qual seria a sua solução? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *