Sergio Moraes analisa duelo de campeões mundiais de Jiu-Jitsu com Gilbert Durinho no Gracie Pro

Share it

Banner da superluta entre Serginho Moraes e Durinho. Foto: Divulgação

O próximo final de semana, nos dias 29 e 30 de setembro, reserva aos fãs de Jiu-Jitsu grandes emoções. O Gracie Pro, que chega à sua segunda edição, desta vez no Maracanãzinho, receberá atletas de todas as idades e níveis, e a cereja do bolo fica para uma série de superlutas marcadas para o domingo, dia 30.

Em uma delas, dois campeões mundiais que atualmente lutam no UFC ficarão frente a frente: Serginho Moraes e Gilbert Burns deixam de lado as luvinhas, vestem o kimono e se enfrentam em disputa em peso médio nas regras da IBJJF (82,3 kg). Serginho, bicampeão mundial na faixa-preta (2008, 2011) conversou com GRACIEMAG sobre a expectativa do duelo com o compatriota do UFC.

“Lutar no UFC é o meu foco”, ressaltou Serginho. “Mas pintou essa oportunidade para lutar de kimono e como era uma coisa que eu já estava querendo, aceitei. Eu sei que uma semana para treinar especificamente para o Jiu-Jitsu é pouco, mas eu tenho os meus truques.”

Depois de atuar com sucesso no UFC São Paulo, no último final de semana, e finalizar com classe o bom de chão Ben Saunders, Serginho tem em mente que o duelo será diferente. Por mais que Saunders seja exímio grappler, Durinho, assim como Sergio, foi campeão mundial na faixa-preta, e o duelo promete.

“Não consegui estudar muito o jogo do Durinho, mas eu sei que é um cara que luta pra frente, e isso é muito bom. Somos dois atletas praticamente da mesma geração, mas nunca lutamos. Até porque éramos de categorias diferentes. Ele foi campeão mundial nos leves (2011), eu fui nos médios e depois no meio-pesado. Mas estou animado e tenho certeza que vamos dar um grande show para o público.”

E para você, amigo leitor, quem vence esse duelo? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *