Gracie Kore de Kyra abre unindo modernidade e Jiu-Jitsu de tradição

Share it

Anfitriã da noite, Kyra Gracie recebeu familiares e amigos na inauguração do Gracie Kore. Foto: Carlos Arthur Jr.

Fim de noite fria e chuvosa na Barra da Tijuca, e Kyra Gracie enfim se permite, com um alívio e um sorriso, a trocar as sandálias de salto chiques por um chinelinho, mais confortável para seus pés calejados de lutadora.

São 23h30 de quinta-feira, 2 de agosto, no centro de compras e de restaurantes Vogue Square Barra. A maioria dos convidados para a inauguração da academia Gracie Kore já partiu, saciada de água de coco e deliciosos canapés de tapioca – casos de Raul Gazolla, Thiago Lacerda, Gabriela Duarte, Mauricio Mattar, Murilo Rosa e Fernanda Tavares, jornalistas e colegas de Kyra no Canal Combate. Ainda de papo com a faixa-preta, a irmã Rayra Gracie e feras como Amaury Bitetti, um dos incontáveis faixas-pretas, corais e vermelhas que passaram pela festa de lançamento da escola, de dois andares e 180 metros quadrados de dojô.

Um dos grandes mestres presentes, com um bigodinho cheio de estilo, era o faixa-vermelha João Alberto Barreto. Mais do que um conviva da festa, Barreto é um dos principais consultores técnicos de Kyra: “Nossa preocupação era manter, ou posso dizer resgatar, o currículo original da clássica academia Gracie, com 36 aulas fundamentais de defesa pessoal como eram ensinadas na escola da avenida Rio Branco”, diz a Gracie. “Para tal, convidamos o mestre João Alberto Barreto para treinar nossa equipe de professores e garantir a qualidade das aulas.” A tradição está presente também nos trajes de treinamento: há os kimonos grossos e trançados de hoje e também os finos e bem lisos, como os utilizados na década de 1950.

Kyra Gracie e Malvino Salvador com as filhas Ayra e Kyara. Foto: Gracie Kore/Divulgação

Kyra está empolgada com o papel de empreendedora. Convidou para o corpo de professores amigos que treinam com ela desde os 6 anos de idade, e que já vinham ensinando seus alunos e alunas no projeto social Kapacidade. “Consegui assinar a carteira do pessoal todo, isso é uma vitória e tanto”, sorri Kyra, em conversa com o GRACIEMAG.com, enquanto se senta num banquinho. Nossa reportagem calcula que a professora/empresária tenha batido umas 2 mil fotos durante o lançamento. Antes de postar qualquer imagem em suas redes, sua equipe faz sempre questão de mostrar a foto para a sensei, que aprova com um econômico movimento de queixo.

A ideia da Gracie Kore é unir o moderno e o tradicional no Jiu-Jitsu, com um ensino de qualidade para mulheres, crianças e atletas. O foco principal é promover o bem-estar e a autoconfiança para os pupilos. Além das aulas de defesa pessoal supervisionadas pelo mestre Barreto, portanto, há também espaço para o Gracie Fit, um programa de treino funcional com movimentos de luta para o preparo físico. O aluno que chega encontra toalhas limpas e o kimono lavado e dobrado no vestiário, para se preocupar apenas com o cuidado do corpo e da mente.

O espaço kids é um diferencial do Gracie Kore para o ensino divertido do Jiu-Jitsu para as crianças. Foto: Carlos Arthur Jr.

Primeira representante feminina da família Gracie a ser graduada com a faixa-preta, Kyra, que é mãe de duas meninas, instituiu aulas de Jiu-Jitsu para crianças a partir de 3 anos: “Mas a partir dos 5 meses de idade os filhos já podem começar nos tatames aqui, com aulas que misturam brincadeira e introdução ao treino. Nosso objetivo é atender a todos os públicos”, encerra a campeã mundial.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *