Abu Dhabi Grand Slam Jiu-Jitsu World Tour abre temporada no Japão com grandes duelos

Share it

Com apenas 17 anos, a faixa-marrom Gabi Pessanha dominou a divisão até 90kg e venceu duas faixas-pretas. Foto: Ane Nunes/Gentle Art Media

A temporada 2018/2019 do Abu Dhabi Grand Slam Jiu-Jitsu World Tour deu seu pontapé inicial no último domingo, dia 29 de julho, em Tóquio, no Japão. A multidão que lotou as arquibancadas no Ota Center General Gymnasium teve uma experiência inigualável no maior evento do Abu Dhabi Grand Slam já realizado no Japão. Mais de 700 atletas de todas as faixas e idades deram o melhor de si para alcançar seus objetivos e voltar para casa com as desejadas medalhas de ouro e também uma boa fatia dos mais de 120 mil dólares em prêmios.

A divisão de faixa-preta, tanto para atletas adultos quanto para os masters, foi o principal atração para aqueles que vieram assistir in loco, bem como para quem conferiu ao vivo pela TV ou pela internet. Depois de um dia inteiro de disputas, aqui estão os resultados finais de cada categoria de peso na divisão de faixa-preta para adultos.

MASCULINO

56kg – Em duelo único entre compatriotas, o japonês Nobuhiro Sawada venceu Massaki Todokoro por 1 a 0 nas vantagens em luta muito disputada.

62kg – Depois de finalizar Yuto Hirao, Tomoyuki Hashimoto pegou João Gabriel Batista num triângulo logo nos primeiros momentos da final, e por mais que o brasileiro tenha batalhado para escapar com sucesso do aperto, a vantagem da finalização foi suficiente para Hashimoto ficar com o ouro.

69kg – Em luta única, o australiano Lee Ting venceu o brasileiro Marcio Medeiros com um 8 a 0 nos pontos que lhe garantiu a medalha de ouro.

77kg – Diego Ramalho percorreu um longo caminho até o título. Em quatro lutas, ele venceu primeiro o sul-coreano Inseong Jang por 2 a 0, depois repetiu o placar contra o canadense Jacob Mackenzie para enfrentar e finalizar o japonês Yuji Okamoto na semifinal. A disputa pela medalha de ouro foi muito parelha, com Diego Ramalho e Kleber Koike lutando até o fim. Com 1 a 0 nas vantagens, Diego Ramalho levou o título para casa.

85kg – Os EUA também tiveram um campeão coroado, na figura de DJ Jackson. O faixa-preta lutou três vezes neste domingo, primeiro finalizando Takagi Shota do Japão com uma chave de braço e, em seguida, também recebendo os três tapinhas de Alan Fidelis. Na final, Jackson trabalhou em seu melhor jogo para superar Bradley Hill, da Grã-Bretanha, com uma queda e uma passagem de guarda para acumular 5 a 0 nos pontos.

94kg – Rudson Mateus foi outro campeão a entrar no tatame três vezes. Ele estreou contra o alemão Nicolas Penzer, superado com um placar de 9 a 2. Em seguida, ele finalizou Anton Minenko com um armlock da 50/50 e se encontrou com Arya Esfandmaz na final. O faixa-preta brasileiro impôs seu jogo para acumular 9 a 0 nos pontos e levar a medalha de ouro para casa.]

110kg – Em duas lutas, Gutemberg Pereira dominou o tatame e finalizou Wanderson Amakawa duas vezes para conquistar o título. O armlock foi o golpe escolhido ambas as vezes para definir o resultado.

FEMININO

49kg – Mayssa Caldas finalizou duas adversárias e levou a medalha de ouro para casa. A brasileira pegou Iori Echigo e Aya Matsumoto do Japão com sua finalização registrada: o arco e flecha.

55kg – Outra conhecida campeã do ADWPJJC, agora na faixa-preta, Amal Amjahid dominou as ações no Japão. Em duas lutas, ela finalizou Eummi Lee, da Coréia do Sul, com um estrangulamento de lapela do cem quilos, e em seguida pegou Livia Gluchowska com uma chave de pé para continuar a reinar na divisão.

62kg – Em luta única, Larissa Paes venceu Natalia Zumba por 5 a 2 nos pontos e levou a medalha de ouro para casa.

70kg – Samantha Cook e Claudia eram as favoritas para a final, e ambas chegaram lá. Do Val venceu Meagan Evans por 2 a 0 e Priscilla Cerqueira na decisão para alcançar a finalíssima. Cook pegou Caroline Marciano com um estrangulamento pelas costas. Na final, depois de uma luta muito próxima, os árbitros decidiram a favor de Cook, após um empate em 0 a 0 nos pontos.

90kg – Gabrieli Pessanha é mais um talento que merece atenção. Em dois duelos, a faixa-marrom abriu caminho para a medalha de ouro com desempenhos imponentes. Ela primeiro venceu Jessica Andrade por 17 a 2 e depois superou Shantelle Thompson por 14 a 0.

LEGENDS: Shaolin vence Daisuke Shiraki de forma apertada

O duelo entre Shaolin e Shiraki foi mais acirrado do que muitos esperavam. Duas vezes campeão do Abu Dhabi Legens, Shaolin teve que dar o seu melhor para superar seu adversário japonês. Shiraki começou com velocidade total para chegar na meia-guarda de Shaolin e garantir a vantagem. Com muita experiência, Shaolin quebrou o ritmo de Shiraki e buscou forças para atacar num estrangulamento cruzado, partindo da guarda fechada, para garantir a sua vantagem e empatar a partida, vencendo por uma punição acumulada do adversário.

O Abu Dhabi Grand Slam Jiu-Jitsu World Tour retorna à ação em menos de dois meses, com a realização de sua edição em Los Angeles no dia 22 de setembro. As inscrições já estão abertas. Para garantir sua vaga, clique aqui!

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *