Gordon Ryan finaliza Yuri Simões; Renato Canuto fatura título do Kasai Pro Jiu-Jitsu

Share it

Gordon Ryan trabalha por cima na superluta do Kasai Pro. Foto: Reprodução/Instagram

Em um cenário inflamado, com vários eventos profissionais de Jiu-Jitsu e grandes estrelas entre os convidados, o Kasai Pro, presidido pelo faixa-preta Rolles Gracie, mostrou que chegou para se colocar de vez no calendário mundial da arte suave.

Realizado no último sábado, dia 9 de dezembro, o evento contou com superlutas e um GP de oito atletas com cinturão em jogo e 10 mil dólares em premiação. Na luta principal, uma das mais esperada da noite, Gordon Ryan, americano campeão do ADCC e atual sensação do esporte sem kimono, encarou o brasileiro bicampeão do ADCC Yuri Simões.

No combate, Gordon trabalhou por cima e buscou o espaço para atacar a guarda complicada de Yuri. De tanto caçar, Ryan conseguiu dar o bote e chegar nas costas do brasileiro. Sem conseguir a brecha para finalizar, Gordon trabalhou para prender um dos braços de Yuri, e assim rapidamente pegar no mata-leão que valeu a vitória.

Outro ponto alto da noite foi o andamento do GP de oito pesos leves da elite mundial na luta pelo prêmio de 10 mil dólares. Celsinho Venicius, Garry Tonon, Gianni Grippo, AJ Agazarm, Mansher Khera e Junny Ocasio estavam na briga, mas o título ficou com o brasileiro Renato Canuto.

Para conquistar o cinturão, Canuto venceu Garry Tonon e Mansher Khera, empatou com AJ Agazarm e em seguida enfrentou o veterano casca-grossa Celsinho no duelo final. Após a dura batalha que chegou até a prorrogação, Canuto foi declarado vencedor na decisão dos jurados. Festa para Renato e para a esposa casca-grossa Raquel Pa’aluhi Canuto, que na mesma noite venceu sua superluta contra Caitlin Huggins.

Ainda no Kasai, rolou a revanche entre Murilo Santana e Craig Jones, este que ficou famoso após surpreender no ADCC Finlândia ao tirar Leandro Lo da disputa e apresentar ótimo desempenho na competição, inclusive batendo Murilo. Desta vez, contudo, a vitória ficou para o brasileiro. Com o empate e duas punições para o americano, Murilo ficou com a vitória.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *