Daniel Nova e a arte de botar para baixo no Jiu-Jitsu e MMA

Share it

Professor Daniel NOva em um dos seus inúmeros pódios na faixa-preta. Foto: Arquivo pessoal

Qual é a melhor forma de botar o adversário para baixo, considerando uma situação de defesa pessoal ou uma luta de MMA? Para analisar tecnicamente a melhor maneira de botar para baixo, convidamos o professor de Jiu-Jitsu Daniel Dias Nova, nosso mais recente GMI.

Especialista no assunto, o faixa-preta explicou: “Gosto de usar a queda como um contragolpe. Portanto, um bom momento para botar o oponente para baixo é quando ele ataca com chutes, socos ou cotoveladas. É quando a mente dele está toda voltada para o ataque que ele será surpreendido com a queda.

“Uma outra forma de levar a luta para o solo é através do clinch, tanto no centro do ringue, como também contra a grade. O adversário tende a achar que, por estar apoiado com as costas na grade, ele está protegido. Engano dele. Podemos mudar de nível, colocando as mãos por trás dos joelhos e, com a cabeça pressionando a barriga, deslocá-lo para a lateral. Ou seja, neste caso eu não o derrubaria para trás, mas sim para o lado. Ainda em relação ao clinch, uso muito a cinturada, mão com mão na altura da lombar e cabeça no peito, buscando sempre já cair montado ou com a guarda passada.”

No vídeo abaixo, Daniel demonstra muitos desses conceitos na prática. E você, estudioso leitor? Qual é a sua dica para derrubar o oponente num confere à vera? Comente com a gente!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *