A superluta de Jiu-Jitsu Marcus Buchecha x Roger Gracie já começou no RJ

Share it
Roger Gracie alonga após treino. Renzo, Leão Teixeira, Léo Leite e Rayron conversam.

Roger Gracie alonga após treino. Renzo, Leão Teixeira, Léo Leite e Rayron conversam.

No balcão de uma renomada casa de sucos do Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, Roger Gracie, de 35 anos, pede um açaí com banana e uma salada de galinha com queijo minas. O professor carioca radicado na Inglaterra tem fome, após dar uma meia dúzia de treinos com caras como Leonardo Leite, amigo da Alliance Rio, e pede para provar o açaí com gengibre do repórter.

“Interessante, mas achei que mata o sabor do açaí”, opina.

Em torno do balcão, a família mais respeitada do mundo das artes marciais também se alimenta. Grande mestre Robson Gracie devora umas fatias de pão, perto de seu filho Renzo e do neto Rayron, filho de Ryan.

Diante do também faixa-vermelha Reyson, Relson Gracie conta histórias, e surpreende ao dizer que conversou com Marcus Buchecha outro dia. “Estava na praia, e vi o bicho, gigante. Dei uma camisa da Relson Gracie Havaí para ele, que vestiu na hora. Ele agradeceu e falou: ‘Mestre, domingo vai ser uma guerra’. Guerra contra o meu primo…? Quase pedi a camisa de volta”, diz Relson, os olhos arregalando com expressividade, para gargalhada geral.

“Como essa luta será ninguém pode saber”, emendou Renzo na lanchonete. “Mas será um duelo clássico e empolgante. Buchecha está muito forte, mas temos um velho lema na família: se for para enfrentar um adversário fraco, nem vale lutar. Quanto maior o desafio pela frente, melhor”.

Marcus Vinicius “Buchecha”, de 27 anos, está fazendo seus últimos treinos na BTT e na Checkmat do Rio de Janeiro. O primeiro encontro dos dois titãs do Jiu-Jitsu estava marcado para o fim da tarde desta terça, nos estúdios do Canal Combate. “Ah, o que era para ser feito já foi feito. Esses últimos treinos são só para dar uma suadinha mesmo”, disse o atual pentacampeão mundial absoluto, capa da mais recente edição de GRACIEMAG.

Buchecha está pesando 110kg, Roger um pouco menos de 100kg, segundo suas equipes. Será o segundo confronto entre os ídolos do Jiu-Jitsu mundial, cada um com dez ouros na faixa-preta no Mundial da IBJJF.

No primeiro embate, as feras empataram no Metamoris em 2014, em duelo sem pontos ou placar.

“Vi todas as lutas do Buchecha no Mundial, e a explosão dele ao derrubar me chamou a atenção. Por isso os treinos com o Léo Leite na Alliance Rio e os que fiz com o Roberto Cyborg recentemente foram bons para mim”, comentou um Roger com as feições compenetradas, em papo com a reportagem de GRACIEMAG.

Ambos estão levando a sério, e o duelo final entre os dois maiores tubarões brancos do Jiu-Jitsu será neste domingo, 23 de julho, na Arena Olímpica, no novo evento Gracie Pro. A superluta terá 15 minutos de duração e vai rolar entre 13h e 17h, com transmissão do canal Combate e do site FloGrappling.

Qual dos dois tubarões vai morder por último, amigo leitor?

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Bruno Campos at 1:35 pm

    É muito honroso nascer no país desta família! Honras e méritos sejam dados aos inventoras do BJJ! A arte marcial mais inteligente do mundo! Parabéns Gracies!

  2. Egon at 10:42 pm

    Levando em conta a idade, o momento, MB tem uma vantagem. RG tem cartas na manga pois tem a MELHOR defesa do Bjj há décadas. O evento está ótimo ! O ponto negativo: regras da Ibjjf 🙁 Há chances de um duelo clássico terminar numa 50/50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *