Nicholas Meregali comenta triunfo no Mundial 2017: “Favorito no Jiu-Jitsu é questão de ponto de vista”

Share it

Nicholas em duelo contra Leandro Lo pelo ouro mundial da IIBJJF. Foto: Gallerr

Destaque na faixa-roxa e marrom, Nicholas Meregali chegou e mostrou que está pronto para brilhar entre os faixa-pretas. Logo em seu primeiro ano entre a elite no Mundial de Jiu-Jitsu, realizado na Califórnia, Meregali superou duros adversários na complicada divisão de peso pesado e culminou em duelo contra o Leandro Lo na final, em combate que acabou por levar a melhor.

Aluno de Mario Reis, o faixa-preta da Alliance conversou com GRACIEMAG, e falou sobre a vitória sobre o badalado Lo pelo ouro. O jovem declaro que o fato de Lo ser declarado favorito ao título era apenas questão de ponto de vista, e que não teve uma estratégia fixa para bater a fera, apenas a vontade de vencer e a busca de jogar sempre para frente.

Confira o papo abaixo!

GRACIEMAG.com: Como foi conquistar o Mundial em seu primeiro ano como faixa-preta?

Nicholas Meregali: Está sendo indescritível. Esse foi um momento que nós sempre esperamos e trabalhamos para que acontecesse.

O que você achou do seu desempenho durante o campeonato?

Achei aceitável. Eu sou um cara muito perfeccionista e quero que meu Jiu-Jitsu se desenvolva e fique invulnerável o mais cedo possível. Com certeza estou feliz com o que produzi, pois atingi parte do objetivo, mas quero mais.

Você fez a final contra o Lo, que era o favorito a levar o título. Como foi derrotá-lo?

Favorito é uma questão de ponto de vista. Eu nunca vi ninguém como favorito, sempre acreditei no meu trabalho e sabia que a qualquer momento minha hora iria chegar. Eu não me surpreendi e sim concretizei o que eu e meus colegas já sabiam.

Você montou alguma estratégia para essa luta contra o Lo? Qual foi o seu diferencial para sair com a vitória?

Não montei estratégia nenhuma. Eu sou um cara que luto com o coração e para frente, o Lo é um cara que joga no erro e não se expõe muito, então minha única atenção era com as minhas movimentações, eu não poderia fazer trocas equivocadas.

Depois desse primeiro título, o que você planeja agora que entrou para o seleto hall de campeões mundiais na faixa-preta?

Eu não planejei nada. Acredito que eu esteja no momento certo para trabalhar, então é o que mais quero. Sou novo, estou chegando agora na Faixa Preta e quero conquistar meu espaço. Estou ansioso para me concentrar e produzir em alto escalão novamente.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *