Conheça uma receita da Dieta Gracie para a ceia de Natal

Share it
Marco Imperial em mesa rica em alimentos da Dieta Gracie: o Jiu-Jitsu começa pela boca. Foto por Gustavo Aragão.

Imperial em mesa rica em alimentos da Dieta Gracie: o Jiu-Jitsu começa pela boca. Foto por Gustavo Aragão.

Sempre pensando na saúde e bem estar do praticante, GRACIEMAG não deixa de lado a famosa dieta criada por Carlos Gracie, nem mesmo no Natal. Época de se esbaldar na comilança, há quem opte por manter-se na linha, e para estes nós temos a solução.

Resgatamos de nossos arquivos uma entrevista com Marco Gracie Imperial, que nos repassou uma preciosidade do cardápio de sua família: uma receita para um Natal fiel às descobertas de grande mestre Carlos, que estudou e popularizou a dieta.

Conta, Marco:

“Em meu último Natal, fiz uma sopa de castanhas portuguesas ao azeite, arroz integral ao alecrim, um empadão feito com farinha de arroz – com recheio de vagem ao catupiry”.

Para acompanhar, nada de refrigerantes ou sucos industrializados. O Gracie aproveitou para explicar sua opção por fazer a ceia nos moldes da Dieta Gracie:

“O suco foi de cenoura – um copo para cada pessoa. Aqui em casa, as crianças ainda comem peito de peru e peixe. Eu sou mais radical, só como ovo, peixe e rã, duas vezes por semana, além de queijos brancos. No Natal, tomei apenas a sopa de castanhas. Na Dieta Gracie você não come por comer, para ficar empanturrado, você come apenas o que precisa. Come pois é uma necessidade do organismo, e para se sentir bem depois, não apenas para provar um gostinho bom, passageiro, e que faz mal”, ensinou Imperial.

Na Dieta Gracie ou na ceia tradicional, a maior recomendação é evitar os excessos. Nada de comer ou beber além da conta, atleta amigo. Segunda-feira é dia de treino! Oss.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *