Conheça os 5 piores inimigos do lutador de Jiu-Jitsu

Share it
Muzio De Angelis. Foto: Dan Rod

Muzio De Angelis, árbitro da IBJJF. Foto: Dan Rod

GRACIEMAG busca todos os dias boas dicas para ajudar nosso leitor e o praticante durante sua jornada até a faixa-preta. O caminho é árduo e repleto de alternativas que prejudicam sua evolução.

O atento professor Muzio de Angelis, nosso GMI na Gávea, apontou cinco aspectos que sabotam seu progresso no Jiu-Jitsu.

Veja os cinco aspectos que o árbitro da IBJJF listou:

1. Arrogância

“A arrogância atrapalha sua jornada no Jiu-Jitsu. Ás vezes, o praticante acha que sabe tudo e não precisa aprender mais nada. Nós estamos em constante aprendizado, abra a sua mente”, alerta Muzio.

2. Tenha palavra

“Não cumprir com a palavra é outro aspecto que prejudica sua evolução. Quando combinar com os amigos de treinar, não fure por preguiça, por esquecimento ou por outro problema qualquer. Honre sua palavra”, diz o professor.

3. Ingratidão

“O aluno que não honra o mestre e os colegas mais graduados nunca vai ser alguém no mundo do Jiu-Jitsu. Esse defeito é, para mim, um dos piores dentro da nossa arte”, aponta o faixa-preta.

4. Não seja repetitivo

“O atleta que só quer fazer as mesmas coisas todos os dias fica atrasado. Por exemplo, o praticante que só quer passar a guarda, pois não confia no seu jogo por baixo e tem medo de levar amasso dos colegas de academia”.

5. Falta de pontualidade

“A falta de pontualidade também prejudica bastante. Com isso, você chega atrasado aos campeonatos e acaba sendo desclassificado por WO. Também chega atrasado aos treinos e no seu trabalho. O atleta que é assim não vai ser um bom faixa-preta ou um bom profissional”, encerra De Angelis.

Para saber mais sobre o GMI, clique aqui.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *