Saulo Ribeiro esconde lesão e fatura quinto ouro no Mundial de Masters

Share it
Saulo se emocionou ao faturar o ouro no Mundial de Masters. Foto: Luca Atalla

Saulo se emocionou ao faturar o ouro no Mundial de Masters. Foto: Luca Atalla

Por: Eduardo Ferreira

Superação. Essa é a palavra para descrever o feito alcançado por Saulo Ribeiro no World Master Championship, que está acontecendo em Las Vegas, Nevada. O faixa-preta de Royler Gracie sofreu uma ruptura no tendão do bíceps na semifinal da categoria peso pesado do master 3 e, mesmo com a dor, escondeu a lesão da sua equipe e resolveu disputar a final. Com uma bela queda, Saulo derrotou Cristiano “Titi” Lazzarini na final e saiu emocionado do tatame. Esse foi o quinto título conquistado por Saulo no World Master.

O dia foi especial também para o paulista Roberto Godoi, que faturou peso e absoluto. Ele ficou com o ouro na categoria super-pesado do master 3 após finalizar Steve Austin. No absoluto, ele pegou Cristaino Titi num estrangulamento de lapela. Campeão mundial em 2001, Márcio Corleta derrotou Carlos Farias por 6 a 0 para ficar com o título entre os pesadíssimos.

Ainda no master 3, o ouro entre os meio-pesados ficou com Marcus Bello, que derrotou Marcelo “Uirapurú” Azevedo por uma vantagem. Vale destacar ainda a vitória de Cassio Wernek contra Paulo Guillobel por 11 a 0 para faturar a categoria dos médios.

Após 18 anos sem competir, Carlson Gracie Jr. voltou aos tatames para celebrar os dez anos de falecimento de seu pai. Carlsinho lutou na categoria dos meio-pesados do master 4 e ficou com o bronze após fazer dois combates, onde venceu o primeiro confronto e perdeu o segundo.

“Na primeira luta eu fui muito bem, consegui desempenhar bem o meu jogo. Na segunda eu peguei um cara muito duro, que conseguiu matar a minha guarda e foi muito bem. Mas eu estou muito feliz. Fiz uma promessa que ia lutar, treinei, me preparei e não tem história triste. Espero que depois dessa eu volte a competir”, disse Carlson em entrevista para a IBJJF no Facebook.

O vencedor da categoria dos meio-pesados do master 4 foi Eduardo Rocha, que derrotou Carlos Terrinha por uma vantagem para ficar com o ouro. Terrinha deu a volta no absoluto e ficou com o ouro ao finalizar David Blau com uma chave de tornozelo.

No master 5, o grande destaque foi Wellington Megaton, que faturou o peso-pena e repetiu a dose no absoluto, quando derrotou Evaldo Lima por uma vantagem.

Clique aqui e confira os resultados completos do evento.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Anderson at 10:28 am

    Na semi final ele lutou com Charles Duende, Cara sinistro da G13, e que detinha o título da categoria por dois anos consecutivos. Só enalteceu a vitória do Saulo, que é um cara sensacional…

Deixe uma resposta para Anderson Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *