Mundial 2016: lembre quem são os atuais campeões e faça suas apostas

Share it
Bruno Malfacine x Joao Miyao no Mundial 2015 FOTO Ivan

Bruno Malfacine na final peso-galo contra João Miyao em 2015. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Enquanto o planeta Jiu-Jitsu se prepara para a 21ª edição do Mundial da IBJJF, que tem início no próximo dia 1º de junho, na charmosa e consagrada Pirâmide de Long Beach, a equipe GRACIEMAG procura relembrar os feitos dos competidores e suas equipes no ano passado.

Evento lançado em 1996, o Mundial de 2015 foi memorável, com 2.260 atletas inscritos – sendo 178 faixas-pretas de alto gabarito. O grande nome foi o mineiro Bernardo Faria que, com seu ouro no superpesado e no absoluto, ajudou a Alliance a conquistar seu décimo troféu por equipes. Bê Faria tornou-se o 11º faixa-preta a conquistar um absoluto mundial no masculino. Quem vai reinar este ano?

Houve muitos outros lances dignos de nota. O peso-galo Bruno Malfacine e o pesado Xande Ribeiro, por exemplo, fizeram história. Cada um faturou seu sétimo ouro como faixa-preta – Xande é penta no peso e bi no absoluto, enquanto Malfa garantiu um inédito heptacampeonato na mesma divisão, a dos galos.

Já o eterno Wellington Megaton lutou seu 20º Mundial como faixa-preta, e ainda terminou o evento dançando nas arquibancadas, emocionado com o primeiro título de sua filhota Mackenzie Dern na faixa-preta. Mack conquistou títulos em todas as faixas por que passou.

Palco de reencontros, abraços e comércio, o Mundial de 2015 atraiu diversos campeões e ex-campeões do UFC, como Anderson Silva e Lyoto Machida, e mais de 150 kimonos foram vendidos na Pirâmide de Long Beach, só no domingo 31, o último dia.

Relembre os atuais campeões na faixa-preta, e diga: dá para perder a festa este ano, a partir de 1º de junho?

Mundial de Jiu-Jitsu 2015
Pirâmide de Long Beach, Califórnia
Maio de 2015

Faixa-preta masculino

Absoluto: Bernardo Faria venceu Alex Trans por W.O. (Trans sofreu uma contusão no joelho nas quartas de final do pesadíssimo)

Galo: Bruno Malfacine venceu João Miyao por 2 a 1 nas vantagens, após 8 a 8 no placar

Pluma: Paulo Miyao berimbolou e finalizou Daniel Beleza pelas costas aos 3min30s

Pena: Rafael Mendes berimbolou Rubens Cobrinha e venceu por 6 a 0

Leve: Michael Langhi venceu Lucas Lepri (fechamento)

Médio: Claudio Calasans venceu Vitor Oliveira por 8 a 4

Meio-pesado: Leandro Lo venceu Tarsis Humphreys por 7 a 0

Pesado: Xande Ribeiro venceu Lucas Leite por 4 a 2

Superpesado: Bernardo Faria venceu João Gabriel por 8 a 2

Pesadíssimo: Gabriel Fedor venceu Ricardo Evangelista por 3 a 2 nas vantagens (0 a 0)

Faixa-preta feminino

Absoluto: Dominyka Obelenyte venceu Monique Elias por 6 a 2

Pluma: Rikako Yuasa venceu Gezary Matuda por 3 a 2 nas vantagens (4 a 4 no placar)

Pena: Mackenzie Dern finalizou Michelle Nicolini pelas costas

Leve: Bia Mesquita finalizou Fabiana Borges no leglock

Médio: Luiza Monteiro venceu Luanna Alzuguir na decisão dos juízes, após empate em 2 a 2

Meio-pesado: Ana Laura Cordeiro venceu Andresa Correa por 4 a 0

Peso pesado: Dominyka Obelenyte estrangulou Vanessa Oliveira

Superpesado: Fernanda Mazzelli venceu Alison Tremblay por 9 a 0

* Que campeões vão manter seus títulos, amigo leitor? Faça suas apostas!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *