UFC 198: Em anticlímax, Miocic nocauteia Werdum em Curitiba

Share it
Miocic supera Werdum e silencia a lotada Arena da Baixada. Foto: JOsh Hedges, Zuffa LLC via Getty Images

Miocic supera Werdum e silencia a lotada Arena da Baixada. Foto: Josh Hedges/ Zuffa LLC via Getty Images

Que final mais anticlimático. A noite do maior card do UFC no Brasil, realizado em um estádio de futebol como há muito o público brasileiro sonhava, tinha tudo para ser uma grande festa. A Arena da Baixada recebeu 45.207 pessoas que torciam animadas e se encantavam com um evento repleto de estrelas.

O card preliminar foi um show para os brasileiros, com 100% de vitórias. Rogério Minotouro foi o “esquenta” ideal, ao fazer sua melhor apresentação em anos e nocautear impiedosamente o wrestler Patrick Cummins. Thiago Marreta manteve o ânimo ao bater o duro Nate Marquardt. O UFC 198 era tão espetacular que Demian Maia contra Matt Brown estava no card preliminar, mas poderia ser luta principal da maioria dos UFC Fight Night. E justamente nesta luta em que o americano havia hostilizado a torcida, Demian deu um verdadeiro baile de Jiu-Jitsu, finalizou no mata-leão que levantou a todos.

Tivemos a vitória controversa do curitibano Maurício Shogun, para alegria da casa. A também curitibana Cris Cyborg trouxe fogos de artifício para a festa, e explodiu Leslie Smith em pouco mais de um minuto. No auge da animação da platéia, o “velho leão” Vitor Belfort foi descompassado pelo “Jacaré” Souza. Ronaldo partiu para cima sem demora, pressionou e derrubou Belfort. A pressão do bi-campeão mundial de Jiu-Jitsu anulou o jogo de Vitor. Com golpes por cima, Jacaré abriu um corte profundo em Vitor. Mesmo com a parada médica, Belfort voltou a uma situação terrível ficar por baixo da fera. Dali, o capixaba radicado em Manaus continuou a bater, e obrigou o juiz a interromper o combate, ainda no primeiro round.

Para tudo ficar perfeito, o campeão Fabrício Werdum entrou ao som do ‘Tema da Vitória’, em homenagem a Ayrton Senna. A torcida delirava. Mas eis que em uma precipitação do campeão, o penetra Stipe Miocic acertou um contragolpe de direita no queixo do anfitrião. Werdum apagou, o estádio silenciou, a festa acabou e o cinturão ficou com Miocic.

Confira os resultados completos abaixo:

UFC 198: Werdum x Miocic
Arena da Baixada, Curitiba, Paraná
14 de maio de 2016

Stipe Miocic nocauteou Fabrício Werdum aos 2min47s do R1
Ronaldo Jacaré venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 4min38s do R1
Cris Cyborg venceu Leslie Smith por nocaute técnico a 1min21s do R1
Maurício Shogun venceu Corey Anderson na decisão dividida dos jurados
Bryan Barberena venceu Warlley Alves na decisão unânime dos jurados

Card preliminar

Demian Maia finalizou Matt Brown no mata-leão aos 4min31s do R3
Thiago Marreta nocauteou Nate Marquardt aos 3min39s do R1
Francisco Massaranduba venceu Yancy Medeiros na decisão unânime dos jurados
John Lineker venceu Rob Font na decisão unânime dos jurados
Rogério Minotouro venceu Patrick Cummins por nocaute técnico aos 4min52s do R1
Serginho Moraes e Luan Chagas empataram
Renato Moicano venceu Zubara Tukhugov na decisão dividida dos jurados

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *