Vai e Vem do UFC: Feijão e Sarafian são cortados; Alberto Uda chega aos médios

Share it

Faixa preta de Jiu-Jitsu e striker nato, Rafael Feijão foi desligado do UFC após cinco lutas. Foto: Divulgação/ Strikeforce

Faixa preta de Jiu-Jitsu e striker nato, Rafael Feijão foi desligado do UFC após cinco lutas. Foto: Divulgação/ Strikeforce

O mercado de atletas do MMA segue ativo, e nesse final de semana tivemos alegria e tristeza no plantel brasuca do UFC. Após sofrerem derrotas em sequencia, Rafael Feijão e Daniel Sarafian foram cortados do UFC. Em compensação, outro brasileiro chegou ao evento, o atleta de muay-thai Alberto Uda.

Ex-campeão peso médio do Strikeforce, Rafael Feijão (12v, 7d, 1nc) teve seu percurso no UFC interrompido. Após cinco lutas no Ultimate com apenas uma vitória, Feijão se viu em apuros ao computar três dessas derrotas em sequência, motivo fatídico de sua demissão.

Finalista do “TUF Brasil 1” (Posteriormente substituído por Serginho Moraes por conta de uma lesão), Daniel Sarafian (9v, 6d) também não conseguiu engrenar a carreira no Ultimate. Com seis lutas e quatro derrotas, Sarafian viu a luz amarela acender após sua segunda derrota na organização, após ser finalizado Kiichi Kunimoto. Em sua luta seguinte, contra Junior Alpha, venceu após o adversário lesionar o dedo, e no combate mais recente foi nocauteado no primeiro round por Oluwale Bamgbose.

Apesar da saída de Feijão e Sarafian, uma notícia boa para os fãs brasileiros do Ultimate. O catarinense Alberto Uda, atleta peso médio, foi contratado pelo UFC. Uda está invicto no MMA com nove vitórias (quatro finalizações, quatro nocautes técnicos e uma decisão), e aguarda o chamado da organização para fazer sua estreia, ainda sem data ou adversário definidos.

E você, amigo leitor, o que achou da movimentação de plantel do Ultimate? Comente conosco!

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Isaias Moraes at 2:12 am

    Devem ter chances em outros eventos. Um longo caminho mas os profissionais sabem que precisam se superar. O UFC tem atletas muito motivados e prontos para surpreender sempre. Quem vacila…já sabe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *