Vídeo: Aos 49 anos, Royce Gracie vence trilogia sobre Ken Shamrock no Bellator

Share it

Após 22 anos do primeiro encontro das feras no cage, Royce Gracie e Ken Shamrock voltaram a ficar frente a frente. O Bellator 149, realizado nesta sexta-feira, dia 19, tratou de realizar o sonho de muitos fãs mais jovens do MMA, que não tiveram a oportunidade de ver os dois pioneiros do esporte em ação.

Na primeira luta entre os dois, no UFC 1, Royce venceu no mata-leão. Depois, eles se encontraram mais uma vez com um empate histórico no UFC 5. Agora, na conclusão da trilogia entre os veteranos, o Gracie levou a melhor e venceu o velho rival por nocaute técnico no primeiro assalto.

O final do combate foi polêmico. Royce acertou um golpe baixo, mas Shamrock não acusou. Logo após, o Gracie encaixou boa joelhada no rosto do americano, e este veio ao solo pedindo para pausar o combate. Royce não percebeu e partiu para conferir a luta, com uma sequência de socos no rosto.

Confira o replay da luta no vídeo abaixo e comente a interrupção conosco!

Ler matéria completa Read more
There are 62 comments for this article
  1. Rique Mendes at 6:00 am

    vi 2 joelhadas na altura do fígado e baço e 1 só relando na genitália do Shamrock. Acho que o juiz não estava atento, essa luta poderia ter sido interrompida e reiniciada… de qualquer forma, parabéns ao mito, Royce Gracie. OSS!!!

  2. Andre Nunes at 10:58 am

    Royce foi excelente! Mesmo não sendo o mais habilidoso ou melhor ele tem disposição para sair na porrada. É o cara mais macho da família! Puxou ao Hélio Gracie!! Rickson seguir o exemplo do seu irmão e lutar com Ruas ou Hugo Duarte.

  3. Thubias Maciel at 11:32 am

    Por isso que tem tanto Creonte no jiu de hj! Falta de respeito com esses dois feras aí! Antes de criticara luta, veja as idades dos guerreiros, não tem como eles se movimentarem como o Demétrius Johnson oww seu idiota! Respeito as Lendas!

  4. Virgulino Brasileiro at 12:05 pm

    Classico…não sei pq alguém poderia esperar algo diferente: Pisão Gracie, encurtar distancia, clinchar e botar pra baixo a partir de um Tani Otoshi. Se o juiz não separa, ia sair no braço. Sobre a choradeira do Ken, ele sentiu a joelhada no rosto e inventou uma desculpa. Lembrem-se que foi o mesmo cara que mordeu o Royce no UFC I

  5. Rique Mendes at 12:35 pm

    E antes que alguém venha dizer que eu estou dismerecendo a vitória do MITO, pelo contrário. Se fosse outro árbitro, com certeza a luta ia ser interrompida. Mas, como eu disse, a joelhada "relou", raspou apenas e nem foi contundente.

    Sham quis encenar pra não perder ponto ao levar o takedown. Já vi vários lutadores do UFC fazendo isso. Enfim, vitória INCONTESTÁVEL da lenda, Royce Gracie. E alguém dê um oscar para o Shamrock.

  6. Rique Mendes at 12:35 pm

    E antes que alguém venha dizer que eu estou dismerecendo a vitória do MITO, pelo contrário. Se fosse outro árbitro, com certeza a luta ia ser interrompida. Mas, como eu disse, a joelhada "relou", raspou apenas e nem foi contundente.

    Sham quis encenar pra não perder ponto ao levar o takedown. Já vi vários lutadores do UFC fazendo isso. Enfim, vitória INCONTESTÁVEL da lenda, Royce Gracie. E alguém dê um oscar para o Shamrock.

  7. João Cândido at 1:21 pm

    Luta ridícula… dois caras que não tem mais nada a provar, se passar pra isso. Luta feia de assistir. tira aquela coisa do royce, que encantava os amantes da arte suave, o magrinho que arrancava os braços dos fortões. E os novos que não viram esses dois no auge, vão achar que são apenas lutadores comuns, que não são. Meu comentário e esse: luta fria e ridícula!

  8. Andre Nunes at 1:30 pm

    Não tinha como o juiz parar e nem vi má fé do Royce. Um lutador experiente como Frank Shamrock não pode reclamar que foi roubado. O Frank não acusou o golpe e continuou a luta, só que acabou entrando numa posição desfavorável e foi nocalteado por Royce. Repetindo: O juiz não tinha como parar a luta pq o cara não acusou o golpe baixo e não vi má fé do Royce. No primeiro UFC ele tentou armar fingindo que não bateu. Shamrock aceita que melhor. Royce é melhor que você!!!

  9. Alan JOnes Marques at 2:02 pm

    o cara está com 49, não é mais um guri….mas se vc assistiu este cara luta mais novo vc sabe que ele é bom. o cara é da época que não existia regra de peso venceu caras mais forte que ele! o cara é uma lenda

  10. Oziel Aragão at 11:50 pm

    Não atingiu em momento algum as partes da lenda. Agora, a luta foi relmente de acordo com a idade. Por isso, um lutão. A inteligência dele em gopear e chamar o adversário pro chão, mostra o quanto Royce é o que é. Parabéns. Não podemos comparar uma luta entre dois veteranos com a de dois jovens.

  11. Henriton Medeiros at 6:14 pm

    Sei que vou ser detonado, mas tristeza ver dois icones do esporte q tanto admiro se prestar a tão ridículo espetáculo, a idade chega é preciso reconhecer nosssas limitações, mesmo assim quero ressaltar a história desses dois grandes nomes do mma mundial

  12. Felipe Pacheco at 10:25 am

    Os dois são grandes ídolos do esporte, porém, na minha humilde opinião, o árbitro errou(deveria estar atento e observar o golpe baixo) e acabou dando a vitória ao Royce. Como no futebol, o árbitro influenciou diretamente no resultado. O resto, são visões apaixonadas por seus ídolos…

  13. Carla Luciana Oliveira at 11:15 am

    Royce Glecie é Mito sempre foi a minha referência sobre o que tem melhor no jiu jitsu, vir as suas primeiras luta no vale tudo, cara era inaceitável ver aquele cara magrelo lutar e ganhar de homens que era o dobro do seu tamanho passando 3 vezes mais que ele, em uma disputa onde não havia regras e tinha que lutar até 4 vezes na mesma dia pra ser o campeão.
    Ele é um Mito, nunca deixará de o ser, ele merece.

  14. Marcos Aurélio Bjj at 12:00 pm

    Essa luta foi a nova versão de TeleCatch
    O Shamrock está tão velho que só acusou o golpe baixo, 5 minutos depois do final da luta, foi aí que ele lembrou que ainda tinha algo dentro da coquilha.
    O Royce por sua vez, não sabia nem o que responder na hora da entrevista.
    Tirando o fracasso que foi a luta, o arbitro falhou, pois estava mal posicionado na hora das joelhadas.
    Independentemente de ter sido em cheio ou de raspão, golpes baixos tem que ser interrompida a luta.
    Assim como dedo no olho, não precisa cegar para a luta ser paralisada.
    Enfim, valeu pelo dinheiro que o Bellator arrecadou com a luta.

  15. Willian Kloh at 1:46 am

    Chamar esse cara de "sujo", maluco não fode, vai assistir tuas lutas com naração do Galvão, que aqui ta passando vergonha. Na boa, no mínimo respeita. rs
    E detalhe técnico, em golpe baixo, quem tem que parar a luta é arbitragem, não o lutador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *