Rizin FF: Kron Gracie aplica triângulo do Jiu-Jitsu e vence no “novo Pride”

Share it

Faixa-preta da família mais casca-grossa do mundo, Kron Gracie segue seu caminho no MMA com o Jiu-Jitsu à frente. Em sua segunda luta na ainda jovem carreira de luvas, o filho de Rickson Gracie finalizou mais uma vez.

O combate rolou no Rizin Fighting Federation, também chamado de “novo Pride”, nesta quinta-feira, dia 31 de dezembro, no Japão. O carioca encarou Asen Yamamoto.

Kron não levou o combate para o solo no primeiro momento e aceitou a trocação. Na primeira tentativa de finalizar, puxou para a guarda com a perna do adversário laçada para assim buscar o braço. Yamamoto foi valente e escapou. Por hora.

Depois de mais momentos em pé, Kron conseguiu escalar e encaixar um triângulo. Asen tentou aplicar um bate-estaca, mas acabou por se colocar ainda mais no arrocho do craque no solo.

Rizin FF
Saitama Super Arena, Japão
31 de dezembro de 2015

Final GP até 100kg: Muhammed “King Mo” Lawal derrotou Jiri Procházka por nocaute (soco) aos 5min09s do R1
Fedor Emelianenko derrotou Jaideep Singh por nocaute técnico aos 3min02s do R1
Kron Gracie finalizou Asen Yamamoto no triângulo aos 4min58s do R1
Andy Souwer derrotou Yuchiro Nagashima por nocaute técnico (socos) aos 5min28s do R1
Kaido “Baruto Kaito” Hoovelson derrotou Peter Aerts por decisão unânime dos jurados
Shootboxing: Bob Sapp derrotou Taro Akebono por decisão técnica dos juízes
Gabrielle Garcia derrotou Lei’D Tapa por nocaute técnico (socos) aos 2min36s do R1
Soo Chul Kim derrotou Maike Linhares por decisão unânime
Kickboxing: Takeru derrotou Yang Ming por nocaute técnico no R2
Brennan Ward finalizou Ken Hasegawa no mata-leão a 1min52s do R2
Semifinal GP: Jiri Procházka derrotou Vadim Nemkov por nocaute técnico no intervalo do R1
Semifinal GP: King Mo derrotou Teodoras Aukstuolis por decisão unânime
Rena Kubota finalizou Jleana Valentino no armlock voador aos 3min31s do R2

Ler matéria completa Read more
There are 23 comments for this article
  1. Gilder Barreto at 12:32 pm

    Realmente é um monstro no solo.Também não é leigo na trocação,já apresenta uma certa noção na esquiva.Se abandonar esse conceito da família de achar que no MMA atual pode resolver tudo no jiu-jitsu,tende a evoluir muito.Com certeza uma promessa para os próximos anos.

  2. Gilder Barreto at 3:00 pm

    Alessandro Almeida Com certeza não meu amigo.Mas vc acha mesmo que ninguém erra?Veja bem o vídeo e veja se ele joga o quadril para cima forçando uma alavanca no braço do oponente.Isso é básico no jiu-jitsu.Vc é lutador?Se for vai me entender.Com todo respeito,claro,ao monstro Kron Gracie.Um abraço.

  3. Alessandro Almeida at 8:00 am

    Gilder Barreto, tenho certeza de que todos erram, e não sou lutador, apenas treino jiu-jítsu há 5 anos. Elevar o quadril assim como não cruzar os pés na hora do armlock é fundamental para arrochar o braço do adversário, no entanto, principalmente em MMA, há muito com o que se preocupar e isso geralmente faz com que o golpe não saia com perfeição. Werdum pegou o Fedor, mas ficou 5 minutos tentado arrochar o braço do Vinny Magalhães na final do ADCC e não conseguiu. Também há mérito do adversário em conseguir sair da posição. Só que estar de fora e criticar, ainda mais uma posição tão básica no jiu é mto fácil e cômodo. Abraço

  4. Mauricio Mayers at 8:34 pm

    Espero que o evento decole e traga os bons tempos do antigo Pride.Com relação ao Kron Gracie, ainda tem um abismo para tornar-se umcompleto lutador de mma , por enquanto acha que está lutando um submission valendo soco, a trocação dele é horrível, não combina sequências soco mais chute, percebe-se que seus golpes não tem impacto. Se o japa tivesse uma trocação mais afiada e defessas de queda, o buraco seria mais embaixo.

  5. André Bueno at 1:08 pm

    Mandou super bem!!! Claro que precisa afiar a trocação, mas, com um bom treinador de Thay vai evoluir rapidamente… Um pouco de treinamento com wrestlers para afinar quedas sem o kimono, e, no chão foi ofensivo o tempo todo, mesmo na guarda estava batendo, isso é importante, mesmo que a conexão dos golpes seja sem tanta potência… Gostei!!! Vou acompanhar as próximas com mais atenção… Promessa!?!?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *