UFC: Rafael dos Anjos despacha Cerrone e Do Bronxs finaliza Jury

Share it

Rafael vence e mantém seu cinturão peso leve. Foto: UFC

Rafael vence e mantém seu cinturão peso leve. Foto: UFC

Mais uma noite de emoções fortes no maior evento de MMA do mundo. O Ultimate realizou, nesse sábado, mais uma edição do UFC on Fox, e teve na luta principal o duelo peso leve entre Rafael dos Anjos e Donald “Cowboy” Cerrone, que valia o cinta da divisão.

O combate foi definido com rapidez e pujança pelo brasileiro. Com poucos minutos de luta, o brasileiro, campeão dos leves, impôs seu ritmo e aplicou uma ótima combinação com joelhada e chute na linha de cintura. O americano sentiu, e Rafael foi pra cima com tudo.

Cerrone tentou evadir e sair no double-leg para evitar a luta franca, mas Rafael defendeu e deixou o oponente em quatro apoios. O Cowboy parecia esperar uma investida de Jiu-Jitsu do brasileiro faixa-preta, mas Rafael tinha outros planos. Após girar, Dos Anjos parou na lateral e disparou uma chuva de socos até a interrupção do árbitro. Nocaute técnico assinado no primeiro assalto. Será que Conor McGregor ainda pretende subir dos penas para os leves?

Cigano é surpreendido pro Overeem

Na penúltima luta do evento, Alistair Overeem encarou Junior Cigano em luta que devia ter acontecido há três anos, mas foi cancelada. Desta vez o duelo rolou, e a expectativa era alta.

O primeiro assalto foi bastante estudado. Nenhum dos pesados quis se expor demais. Na segunda etapa, porém, Overeem se mostrou mais solto e com melhor controle da distância. Cigano não se mostrou espantado, e seguiu solto na luta. Até que com um golpe certeiro, o holandês conseguiu desnoetear Cigano. Um soco no queixo e o brasileiro foi a knockdown. Overeem aproveitou a chance e liquidou a fatura com golpes por cima no solo, para vencer por nocaute técnico.

Do Bronx finaliza mais uma

Para fechar o card preliminar do Ultimate, Charles Do Bronx recepcionou o ex-peso leve Myles Jury na divisão peso-pena. O americano era favorito na peleja, mas um tal de Jiu-Jitsu fez a diferença na parcial das apostas.

A luta seguiu solta até o brasileiro conseguir trabalhar o seu caminho até o chão. No solo, mais evolução até pegar as costas. Myles não vendeu fácil e conseguiu se desvencilhar da pegada desagradável. Porém, ao tentar sair do chão, deixou o pescoço exposto para Charles, que não titubeou para grampear na guilhotina. Um ajuste fundo e pressão foram suficientes para conseguir os três tapinhas e a vitória.

Confira os resultados completos:

UFC: Dos Anjos x Cerrone 2
Orlando, Flórida
19 de dezembro de 2015

Rafael dos Anjos venceu Donald Cerrone por nocaute técnico no R1

Alistair Overeem venceu Junior Cigano por nocaute técnico no R2

Nate Diaz venceu Michael Johnson na decisão unânime

Karolina Kowalkiewicz venceu Randa Markos na decisão unânime

Charles do Bronx finalizou Myles Jury na guilhotina no R1

Nate Marquardt nocauteou CB Dollaway no R2

Valentina Shevchenko venceu Sarah Kaufman na decisão dividida

Tamdan McCrory finalizou Josh Samman no triângulo no R3

Nik Lentz venceu Danny Castillo por decisão dividida

Cole Miller e Jim Alers foi declarado No Contest (lesão no olho)

Kamaru Usman venceu Leon Edwards por decisão unânime

Vicente Luque finalizou Hayder Hassan no triângulo de mão no R1

Francis Ngannou nocauteou Luiz Henrique KLB no R2

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *