Mundial Sem Kimono 2015: Felipe “Preguiça” Pena e Mackenzie Dern absolutos

Share it
Preguiça e Mackenzie reinaram absolutos no Mundial Sem Kimono 2015.

Preguiça e Mackenzie reinaram nos absolutos do Mundial Sem Kimono 2015. Fotos: Ivan Trindade

Felipe Preguiça, Caio Terra, João Miyao, Augusto Tanquinho e Michael Langhi; DJ Jackson, Lucas Hulk, João Assis e Gabriel Fedor.

Foi essa invejável seleção de lutadores de Jiu-Jitsu que o Mundial Sem Kimono de 2015 consagrou no masculino, nesse domingo 8 de novembro, na Pirâmide em Long Beach na Califórnia.

No feminino, a constelação de estrelas tampouco deixou de brilhar. O absoluto, decidido entre Mackenzie Dern (Gracie Humaitá) e Andresa Correa (Alliance), mostrou que no Jiu-Jitsu o peso não faz tanta diferença, e a peso-pena Mackenzie apertou o pescoço da campeã da Alliance com uma guilhotina fatal. Andresa no entanto não voltou para casa com as mãos vazias: foi a vencedora no peso meio-pesado, ao finalizar Leanna Dittrich com seu afiado leglock.

No absoluto masculino, Felipe Preguiça (GB BH) venceu Matheus Diniz por 10 a 2, após raspar e pegar as costas do faixa-preta da Alliance. Felipe venceu ainda o peso pesado, ao finalizar Jackson Sousa no pé.

Confira os demais campeões na faixa-preta, a seguir.

Caio Terra arrochou uma omoplata modificada para ficar com mais um ouro no Mundial Sem Kimono

Caio Terra arrochou uma omoplata modificada para ficar com mais um ouro no Mundial Sem Kimono.

Finais do masculino:

Peso-galo: Caio Terra finalizou Yusuke Honma na chave de braço em 45s de luta

Peso-pluma: João Miyao venceu Samir Chantre por 8 a 6 no placar.

Peso-pena: Augusto Tanquinho fechou com Osvaldo Queixinho (Queixinho eliminara Paulo Miyao por 2 vantagens, após uma guerra de 8 a 8).

Peso leve: Michael Langhi venceu Mansher Khera por 2 vantagens a 0.

Peso médio: DJ Jackson passou a guarda de Jon Satava e venceu por 3 a 0 (Jackson vencera Otavio Sousa na decisão, na semifinal.)

Peso meio-pesado: Lucas “Hulk” Daniel venceu Thiago Sá por 2 a 0 (queda).

Peso pesado: Felipe Preguiça finalizou Jackson Sousa na chave de pé no fim da luta.

Superpesado: João Assis venceu Roberto Tussa por 4 a 0, com uma queda e uma raspagem.

Pesadíssimo: Gabriel “Fedor” Lucas venceu Mahamed Aly por cima por 2 a 1 nas vantagens (chegada à meia-guarda).

Absoluto: Felipe Preguiça venceu Matheus Diniz por 10 a 2.

João Miyao venceu Samir Chantre na final dos plumas

João Miyao venceu Samir Chantre na final dos plumas.

Finais feminino:

Peso-pluma: Patricia Fontes finalizou Chelsea Donner no estrangulamento.

Peso-pena: Tammi Musumeci brilhou ao vencer Mackenzie Dern por 6 a 2, ao raspar e montar.

Peso leve: Karen Borges venceu Kiri Liao com uma guilhotina.

Peso médio: Angélica Galvão venceu Amanda Loewen por 2 vantagens a 1.

Meio-pesado: Andresa Correa finalizou Leanna Dittrich no leglock.

Absoluto: Mackenzie Dern finalizou Andresa Correa na guilhotina.

Veja uma seleção de fotos incríveis no nosso Flickr, aqui. 

Felipe Preguica pegou as costas de Matheus na final do aberto

Felipe Preguiça pegaria as costas de Matheus na final do aberto.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *