Brazil National Pro: absolutos, Gabriel Fedor e Paulo Miyao vão a Abu Dhabi

Share it
Os campeões absolutos do Brazil National Pro. Foto: Diogo Santarém

Os campeões absolutos do Brazil National Pro. Foto: Diogo Santarém

O papo que corria na arquibancada do ginásio do Cruzeiro, palco do Brazil National Pro em Brasília, neste domingo, 13 de setembro, era sobre o absoluto, que premiou os campeões com um pacote de viagem com tudo pago para o WPJJC 2016, em Abu Dhabi.

“O muro está muito alto, ainda mais na faixa-preta. Quem não estiver muito treinado não vai chegar longe”, disse Zé Mario Sperry, um dos organizadores do torneio, em papo com o repórter do GRACIEMAG.

Atual campeão mundial da IBJJF no peso pesadíssimo, Gabriel “Fedor” Lucas soltou o jogo no absoluto pesado e fez até guarda para superar seus adversários.

Suas lutas mais notáveis foram na semifinal e final. Contra Pedrinho Moura (Ribeiro), na semifinal, o capixaba quase finalizou pelas costas. Mas a posição não foi estabilizada e a vitória veio mesmo na vantagem. “Foi uma luta dura”, resumiu Fedor.

A glória veio de fato na final, após vencer o também jovem Igor Tigrão, que vinha embalado pela vitória sobre Renato Cardoso (Checkmat), por uma passagem, na outra semifinal. Fedor começou trocando quedas com Tigrão, mas sem sucesso. O aluno de Cícero Costha optou por fazer meia-guarda, no que Gabriel acabou por neutralizar a meia e passar a guarda duas vezes para garantir o título.

“Finalmente!”, esbravejou o faixa-preta da Checkmat, ao apontar o dedo para o céu.

O absoluto leve foi dominado por Paulo Miyao, da Cícero Costha. Paulo venceu cinco lutas para ser campeão. Na final, em luta muito travada, o guardeiro usou a lapela para vencer Gabriel Rollo (Checkmat) por 4 a 2.

Luiza Monteiro fez apenas uma luta para vencer o absoluto marrom/preta leve. Na final, Luiza soltou seus giros e venceu a faixa-marrom Thamires Aquino (GFTeam) por 17 a 0.

Depois, no absoluto pesado faixa-marrom/preta, o título ficou com Nath Karoline, também da Cícero Costha. Para ficar com a premiação, Nath finalizou Samela Shohamy (Ribeiro) no armlock.

Campeões absolutos

Faixa-azul masculino: Anderson Muniz (Nova União)
Faixa-azul feminino: Izadora Cristina (Checkmat)
Faixa-roxa masculino: Waldyr Filho (BTT)
Faixa-marrom masculino: Felipe Farias (Checkmat)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *