Wallid Ismail comenta fechamento da escola Carlson Gracie: “O legado continua”

Share it
Wallid após vitória no Japão. Foto: Susumu Nagao.

Wallid após vitória no Japão. Foto: Susumu Nagao.

Uma das escolas que mais produziu talentos para o Jiu-Jitsu vai fechar as portas. A escola Carlson Gracie, localizada em Copacabana, deve virar uma igreja, conforme publicado em GRACIEMAG nesta segunda-feira. (Relembre aqui a história.)

A notícia pegou muitos craques de surpresa. Wallid Ismail, faixa-preta e pupilo do falecido Carlson Gracie, falou sobre o caso, em entrevista ao Portal do Vale Tudo.

“Estou muito triste. Imagina só, quando cheguei ao Rio de Janeiro de ônibus foi lá onde me acolheram, dormi lá várias vezes, praticamente morei lá por muito tempo, passava o dia todo lá dentro”, relembrou. “Não era uma academia, era um quartel general. Ali, sem dúvida nenhuma, teve o maior exército da história do nosso esporte. Para se ter uma ideia, juntavam todos os outros times em um campeonato de Jiu-Jitsu e não chegavam à pontuação que nós fazíamos. Era incrível”, disse Ismail.

“É como eu sempre digo: a vida é uma guerra. Agora é bola para frente. Espero que os professores que estejam lá encontrem outro bom lugar. Uma coisa é certa: o legado Carlson Gracie nunca vai se acabar. Todos que aprenderam com ele sempre falam dele, sempre irão falar dele, e vão manter a história dele viva, e ele vivo, na memória e no coração de todo mundo”, concluiu Wallid.

A academia, localizada na rua Figueiredo Magalhães, 414, vai se despedir com um último treino, aberto para todos, na noite de 25 de agosto. O QG do clássico time Carlson deve agora migrar de vez para Chicago, onde o filho, Carlson Gracie Junior, tem sua academia.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Elias Pereira Santiago Santiago at 12:20 am

    aquela academia é um templo sagrado do Jíu jitsu e vale tudo não vejo nenhum ex atleta da academia se manifestando em pro de dar continuidade ao templo e só se lamentando o carlson se foi e cada um por si lamentável ninguém quer botar a mão no bolso para dar continuidade fato esse é o respeito pelo qual tinham por ele só se lamentando sinistro os caras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *