Mundial 2015: o estilo da finalizadora Dominyka, campeã absoluta aos 19 anos

Share it
Dominyka nas costas de Monique. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Dominyka nas costas de Monique. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Ao sair da Pirâmide de Long Beach, na noite de domingo, 31 de maio, Dominyka Obelenyte (Alliance) voltou a ser uma garota. Ao receber cinco pacotes de sua bala favorita, saltitou e berrou de alegria.

Pouco antes, a lourinha lituana, aluna de Marcelo Garcia desde antes dos 12 anos de idade, fizera história no Jiu-Jitsu, ao arrebatar dois ouros no Mundial 2015, como faixa-preta.

Foi a segunda não brasileira a vencer o absoluto, após Lana Stefanac em 2009.

Na categoria, Dominyka passeou ao golear Tammy Griego (GB) e finalizar Vanessa Oliveira (GFTeam) pelas costas, com seu jogo marcado por omoplatas exóticas e muita flexibilidade.

No absoluto, venceu Laurence Cousin, Tammi Musumeci, Mackenzie Dern (por 1 vantagem) e, na grande final, a colega de equipe Monique Elias por 6 a 2, ao ir para as costas com estilo.

“Não sei definir meu jogo, gosto de achar que sou guardeira, ao menos na academia”, disse a menina de ouro. “Mas nos campeonatos não consigo fazer guarda, a maioria das meninas me puxa antes”.

Conformado com a derrota, o marido de Monique, Mário Reis, definiu: “Ela é muito técnica e comprida, parece o Roger Gracie de saias. Foi o primeiro Mundial da Monique como faixa-preta, está ótimo. Ano que vem será diferente”.

Relembre o estilo empolgante da campeã!

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *