Atual campeão, Lepri vai de mente aberta ao Mundial: “Não sinto obrigação de ganhar”

Share it
Lucas Lepri em ação no Mundial de Jiu-Jitsu 2014. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Lucas Lepri em ação no Mundial de Jiu-Jitsu 2014. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Em nove Mundiais disputados, Lucas Lepri tem dois ouros na bagagem. Com 15 anos dedicados ao Jiu-Jitsu, o mineirinho da Alliance parte em busca do terceiro título no Mundial 2015, que ocorre de 27 a 31 de maio, novamente em Long Beach.

Em papo com GRACIEMAG, o astro contou que não sente pressão por ser o atual campeão da divisão dos leves, e quer somente se “divertir” na competição na Califórnia.

“Não me vejo na obrigação de ganhar. Não coloco essa pressão em mim, vou para me divertir. Ganhar é uma consequência do trabalho que venho fazendo. Vou sempre dar o meu melhor. Na Pirâmide, serei o Lepri de sempre, com muita vontade de ganhar e sempre lutando para a frente”, conta o faixa-preta, que ano passado venceu JT Torres por 12 a 0 na final.

Em 2015, a divisão dos leves sofreu uma reformulação. Além dos velhos conhecidos, como JT Torres (Atos), Michael Langhi (Alliance) e Gustavo Dantas (Nova União), a nova geração entrou com tudo. São nomes como Luan Carvalho (Nova União) e Michael Liera (Atos), entre outros.

“Este ano será meu nono Mundial na faixa-preta e estou me sentindo bem. A nova geração sempre chega para motivar ainda mais, com novos desafios. E você se desafiando o tempo todo é muito legal”, diz Lepri, antes de comentar os treinos com Rubens Cobrinha, em Los Angeles.

“Estamos com uma energia muito boa no camp do Cobrinha. Aqui estamos rodeados de amigos e com o mesmo pensamento, a sensação é inexplicável. Essa energia antes de um campeonato desse nível é vital. Só tenho a agradecer de poder estar aqui finalizando meus treinos com essa galera nota mil”, encerra o ídolo, cujo estilo você confere no vídeo abaixo.

Esta cobertura do Mundial de Jiu-Jitsu 2015 é um oferecimento de Storm Strong.

Logo Storm Strong

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *