Jiu-Jitsu, com apoio da Petrobras, já tira 900 crianças do mau caminho

Share it
Projeto Arte Suave de Jiu Jitsu tem apoio da Petrobras

Projeto Arte Suave de Jiu-Jitsu para crianças e adolescentes tem apoio da Petrobras. Foto: Divulgação

Lançado em 2013, o Projeto Arte Suave tornou-se uma referência em como um kimono pode ser a ferramenta perfeita (e mais econômica) para tirar jovens carentes do mau caminho.

Com capacidade para cerca de 900 crianças, o projeto social funciona há dois anos em Rondonópolis, no estado do Mato Grosso, e oferece aulas de Jiu-Jitsu aliadas a atividades complementares, como jogos e brincadeiras, palestras, dança e encenação de peças teatrais de cunho educativo. O Projeto Arte Suave foi selecionado para receber recursos do Programa Petrobras Esporte & Cidadania, na categoria Esporte Educacional.

Segundo o coordenador do projeto, o faixa-preta Paulo César Venâncio, um dos grandes trunfos é trazer a família para acompanhar o desenvolvimento dos pequenos:

“Os principais responsáveis pela educação dos filhos são os pais, mas o Jiu-Jitsu pode ser um apoio, um reforço nesse objetivo. Só não podemos fazer isso sem o acompanhamento e o interesse da família, e isso se reflete na busca de comunicação entre ambas as partes, ou seja entre a equipe do projeto e os pais”, conta o professor.

Além das aulas, os jovens vão a palestras sobre meio ambiente, ética, saúde e outros temas. As palestras são ministradas uma vez por mês, num sistema de rodízio para que seja possível atender os oito polos do Projeto em oito bairros diferentes de Rondonópolis.

Há 112 vagas para jovens por polo, para pequenos lutadores de 7 a 17 anos de idade, num total de 896 alunos.

Para fazer a inscrição, os pais precisam levar cópias dos documentos como certidão de nascimento do aluno, cópia de RG e CPF, dos responsáveis e comprovante de residência. Não há cobrança de inscrição e os jovens não precisam ter praticado lutas antes. Os alunos recebem um kimono Keiko, uma camiseta, apostila com importantes informações sobre o Jiu-Jitsu, dicas de saúde etc, além de receberem lanche ou frutas indicadas por um nutricionista.

Além dessas atividades, os alunos participam de dois campeonatos internos do Projeto Arte Suave para os jovens de todos os polos, um no primeiro semestre e outro no final do ano, no Ginásio de Esportes Marechal Rondon, além de outros torneios.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *