Lutador do UFC dá aula em UPP: “O Jiu-Jitsu nas favelas é um trabalho de formiguinha”

Share it
Jovem vencedor de competições em gravação para TV. Foto: Divulgação

Jovem vencedor de competições em gravação para TV. Foto: Divulgação

O faixa-preta Alan Nuguette ministrou, esta semana, um seminário de Jiu-Jitsu para policiais das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), no Rio de Janeiro. Graduados, os agentes da lei dão aula no projeto Geração UPP, que atende crianças e jovens de mais de 30 comunidades pacificadas.

“Isso mostra que o governo e a secretaria de esportes estão de parabéns por investirem nos policiais, que são professores e salvam vidas de crianças que estão na linha da violência. Eles são responsável por essa parte nobre. Eles não as convencem com armas, drogas, mas com ensinamentos e atitudes. E assim formam campeões. Mesmo se não ganhar medalhas, o garoto ganha na vida. É um trabalho de formiguinha, de reintegração. Para mim é o mais importante. Ensinam o caminho do bem, educam, pregam o respeito aos mais velhos. Tudo na base do diálogo”, declarou Nuguette.

No encontro, Alan ensinou algumas posições importantes de Jiu-Jitsu e judô que o ajudaram a chegar ao UFC. Entrosado com os policiais, ele foi eleito o padrinho oficial do setor esportivo das unidades pacificadoras, como ele contou, orgulhoso.

Crianças da Geração UPP disputam Brasileiro de Jiu-Jitsu

Com conquistas por todo o Brasil, a seleção do projeto, liderada pelo soldado da Polícia Militar Christian Ribeiro, viaja nesta sexta-feira, dia 1º de maio, com mais de 80 componentes rumo ao Brasileiro de Jiu-Jitsu da CBJJ, que ocorre em Barueri, São Paulo.

“A expectativa para esse passeio com a criançada é excelente. Só de sair do Rio e levar a bandeira da UPP e mostrar o trabalho dos policiais militares em tirar crianças das ruas, já é uma vitória. Muitas dessas crianças nunca saíram do Rio. Mas nossos alunos têm a capacidade de ir além. Vai ser uma competição marcante, vamos brincar bastante. Fizemos uma reunião com os pais e eles comparam a ideia, pois confiam muito na equipe dos professores. Isso mostra o sucesso da integração com os moradores. A gente espera muitas medalhas. Sabemos que é a competição mais disputada do Brasil na modalidade, mas a gente confia que nossas crianças estão preparadas para fazer bonito”, declarou Christian Ribeiro.

Para saber mais sobre o Brasileiro da CBJJ, clique aqui.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *