Lucas Lepri comenta ouro em Abu Dhabi e dá dicas para passadores de guarda

Share it
Lepri ataca Gabriel Rollo na final da categoria. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Lepri ataca Gabriel Rollo na final da categoria. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

O mineiro Lucas Lepri começou 2015 com uma medalha de ouro inédita para sua vasta coleção no Jiu-Jitsu. Em Abu Dhabi, no último fim de semana, o faixa-preta da Alliance foi campeão da categoria até 75kg, ao finalizar Gabriel “Palito” Rollo (Checkmat). Ele por sinal foi o único a conseguir a finalização nas finais do masculino.

Em papo com GRACIEMAG, Lepri falou da conquista nos Emirados Árabes.

“Preparei-me como sempre, mas vim confiante que conseguiria este título inédito. Nas outras vezes bati na trave e fiquei com duas pratas. Lutei querendo muito ganhar, e fiz as posições fluírem, mas consequentemente. Venci cinco lutas e finalizei três, mas todas foram duríssimas. Um aspecto que fez diferença foi manter muito meu quadril baixo, e as pernas flexionadas. para evitar as raspagens dos adversários”, conta.

Lucas explicou como fez para finalizar Gabriel Rollo e deixou uma dica para o leitor que gosta de aplicar o estrangulamento pelas costas.

“O Gabriel é um atleta que vem melhorando muito, e que chega melhor a cada competição. Tentei errar o menos possível, procurando os melhores ângulos, pois estava difícil [risos]. A guarda dele é realmente muito boa. Sobre o estrangulamento, a gola não estava tão justa como eu gostaria. Procurei ajustar a mão e depois fui ajustando a posição do meu corpo para melhorar o ângulo da finalização. Nessa hora, o segredo é manter a calma e não se afobar, para não perder a posição”, explica Lucas, que este ano completou 15 anos de Jiu-Jitsu.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *