Crime e castigo no UFC: Dana White fez certo ao retirar o cinturão de Jon Jones?

Share it
Jon Jones colocou tudo a perder. Foto: Divulgação

Jon Jones colocou tudo a perder. Foto: Divulgação

Jon “Bones” Jones voltou a ser capa dos principais noticiários do esporte, e uma vez mais a razão não foi o seu talento indiscutível no octagon. No último fim de semana, o craque do UFC se envolveu em acidente de trânsito ao avançar o sinal vermelho e bater em dois carros, um deles pilotado por uma grávida que faturou o braço.

Por ter fugido do local do acidente sem prestar assistência à vítima, Jones foi preso e liberado na terça-feira, 28 de abril. Mas outra bomba ainda estava por vir.

Dana White, presidente do UFC, cansou dos erros do astro americano e decidiu retirar o cinturão de Bones na terça-feira à noite, após uma reunião.

“Claro que ele está muito desapontado e chateado. Jones queria ser reconhecido como um dos melhores da história, está desapontado, mas fizemos o que tínhamos que fazer. Para nós, isso não é algo legal de se fazer, mas o show precisa continuar. Daniel Cormier estava muito empolgado para essa oportunidade”, disse Dana no programa “Fox Sports Live”, nos EUA.

Agora Anthony Johnson encara Daniel Cormier pelo cinturão meio-pesado na luta principal do UFC 187, no próximo dia 23 de maio, em Las Vegas.

Depois de todos os problemas, Jones fez um pronunciamento em sua rede social.

“Preciso fazer uma grande busca espiritual. Desculpas a todos que decepcionei”, escreveu o ex-campeão do Ultimate.

Qual é a sua opinião, fã de Jiu-Jitsu e MMA? O UFC fez certo ao dar um corretivo no astro?

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Marília da Silva at 1:47 am

    Infelizmente tive essa notícia. Jon "Bones" Jones, foi nocauteado por ele mesmo. Perdeu o cinturão, foi banido do UFC por tempo indeterminado. Teve seu momento no UFC. Fez feitos incríveis dentro da organização. Eu continuarei torcendo por ele, sou fã até o fim. Tenho certeza que a organização do UFC, fez a coisa certa, afinal o atleta tem e precisa dar exemplos dentro e fora o Octógono, eu já tinha certeza que essa seria sua punição, pois é cortando na própria carne que se mostra não compactuar com atitudes erradas. Estarei na torcida para que nenhum atleta independente do esporte venha se envolver com drogas e acabar com sua carreira, pq o que o nocauteou foi isso. Ele teve seus momentos de glórias, e isso jamais poderemos negar…. 8 defesas de cinturão, 12 vitórias consecutivas, o melhor peso por peso do mundo! Deixo aqui o meu agradecimento por ter me proporcionado um dos momentos mais felizes, que foi te conhecer e receber o seu caloroso abraço que ficou eternizado em nossa foto. Você nunca temeu seus adversários dentro do Octógono, sempre os derrotou, foi imbatível, sempre nos proporcionou excelentes lutas, mas infelizmente não conseguiu vencer o seu maior adversário….você mesmo! Que Deus te de força para dar a volta por cima , e um dia voltar a nos dar alegrias, com o que você sabe fazer de melhor, que é lutar! Incondicionalmente , sempre, serei sua eterna fã , mas um atleta também se faz de bons exemplos fora do Octógono, o que não tem acontecido com sua vida fora dele. Jones, fez uso erradamente do versículo, bíblico, Filipenses 4: 13, que trás tatuado em seu peito….. "Posso todas as coisas naquele me fortalece". Na verdade quem nos fortalece, é CRISTO JESUS, e não as DROGAS! Meu coração está triste!! Oss

  2. Eric Arruda at 12:51 pm

    Engraçado que o Dana White ate quis usar essa imagem de bad boy do bones como estrategia de marketing mas parece que o homem"mina de ouro" exagerou na dose e se empolgou com suas peripécias. Mas o cara luta muito. E quando voltar vai ser um estouro de pay per view. E o chefe vai ganhar o dinheiro que perdeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *