Campeão brasileiro ensina 7 dicas para você vencer a estagnação

Share it
Dimi em ação no Jiu-Jitsu. Foto: GRACIEMAG

Dimi em ação no Jiu-Jitsu. Foto: GRACIEMAG

O paulista Dimitrius Souza, 25 anos, é um papa-títulos da IBJJF. Na estante, o faixa-preta de Serginho Moraes acumula o bicampeonato brasileiro, um título europeu e outros diversos abertos da Federação.

Se o seu Jiu-Jitsu está estagnado, não se torture. Como Dimi ensina, é uma fase normal, e o GRACIEMAG.com está aqui para ajudar você a superá-la.

A seguir, leia as dicas da fera da Alliance e aprenda a se livrar de todos os aspectos que sabotam sua jornada em cima do tatame. E… vá treinar Jiu-Jitsu!

1. Não tenha medo de se expor

“Em treino, pense mais em aprender do que em ganhar o treino ou finalizar seu parceiro de luta. O macete é não ter medo de se expor: entre nas posições para saber como sair delas. Na grande maioria das vezes, o treino em que você mais apanha é o que você mais aprende”, ensina Dimi.

2. Competir ajuda na sua evolução

“Procure competir, afinal isso ajuda a moldar o seu jeito de lutar, diminui seu nervosismo e deixa você mais seguro e experiente nas competições. A inteligência emocional conta muito no momento da luta, estar calmo é uma grande vantagem contra os adversários”, conta o faixa-preta da Alliance.

3. O caminho é cheio de montanhas, aprenda a escalar

“O caminho será árduo, muitas coisas vão acontecer e vão tentar fazer com que você desanime, e até pense em parar e ir praticar um esporte mais fácil. Mas, não pare, não desista. Insista. Procure sempre achar o lado positivo de tudo, até mesmo de coisas ruins que possam vir a acontecer; só assim você terá forças para continuar em busca de seus objetivos”.

4. Treine com todo mundo

“Não fique escolhendo treino, chamando apenas os parceiros que não oferecem dificuldades. O melhor e mais efetivo treino é o que traz complicações. Treino duro, luta fácil. Saia da zona de conforto. Para melhorar seu jogo, treine tudo, em pé, passando guarda, fazendo guarda, ataque e defesa. Somente assim você terá um Jiu-Jitsu homogêneo e vai se sentir preparado para qualquer situação”, explica o campeão.

5 – Colecione bons amigos

“Procure estar próximo de pessoas que tenham o mesmo propósito que o seu. Assim, um puxa o outro para cima e em pouco tempo vocês estão alcançando bons resultados e fazendo esse grupo aumentar. O exemplo é o melhor ensinamento, principalmente para os menos graduados e os iniciantes”, indica.

6. Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo

“Parece clichê, mas fazer aquilo que você ama vai fazer toda a diferença para o seu desempenho. Tenha suas metas, mas saiba viver um dia por vez. Tente ser o melhor que puder todos os dias, não falte aos treinos, faça a preparação, alimente-se bem, descanse. Pois fazendo tudo certo, quando você perceber, já estará bem próximo dos seus objetivos”.

7. Ninguém começa sendo um astro do Jiu-Jitsu

“Todos começaram do início, sem nenhum título, sem nenhuma graduação, na faixa-branca. Tenha sempre isso em mente. Qualquer um que se esforce pode virar um campeão. Basta querer. A vontade de ganhar todos temos, mas a possiblidade é para quem apresenta os melhores resultados e isso só pode ser alcançado por meio de muito trabalho e dedicação”, encerra o ídolo da Cohab.

Ler matéria completa Read more
There are 13 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *