No UFC, um Ronaldo Jacaré cada vez mais fiel a uma célebre lição de Helio Gracie

Share it

Escalado como um dos protagonistas do UFC de Nova Jersey neste sábado, o astro do Jiu-Jitsu e do MMA Ronaldo Jacaré (21v, 3d) coleciona, até hoje, 12 lutas vencidas com chaves e estrangulamentos na carreira. Curioso é que, destas, três apenas foram por torção de braços, como em dois armlocks e uma chave kimura: o amazonense gosta mesmo é dos botes no pescoço.

São nove vitórias por asfixia no cartel do réptil brasileiro, e contra Chris Camozzi a décima pode bem estar a caminho. No último encontro entre eles, no UFC em Santa Catarina, o atleta da X-Gym finalizou o oponente americano já no primeiro assalto, com um katagatame, em 2013.

O bicampeão mundial de Jiu-Jitsu arrochou, no total, quatro katagatames, três mata-leões, uma guilhotina e um triângulo. Um cardápio mais do que variado, e perigosíssimo para qualquer um na categoria.

Jaca, assim, reforça os ensinamentos repetidos pelo saudoso grande mestre Helio Gracie, que dizia preferir os estrangulamentos às chaves de braço e pernas, porque, afinal, no pescoço não tem brutamonte capaz de fazer força e resistir: “Não tem valente que resista ao sono, qualquer um dorme”, explicava o professor.

E você, amigo leitor? É fã do Jiu-Jitsu de Jacaré? Acha que ele está pronto para o cinturão já este ano?

UFC: Machida x Rockhold

Prudential Center, Nova Jersey, Estados Unidos

18 de abril de 2015

Lyoto Machida x Luke Rockhold
Ronaldo Jacaré x Chris Camozzi
Cub Swanson x Max Holloway
Felice Herrig x Paige VanZant
card preliminar
Beneil Dariush x Jim Miller
Patrick Cummins x Ovince St. Preux
Corey Anderson x Gian Villante
Takeya Mizugaki x Aljamain Sterling
George Sullivan x Tim Means
Diego Brandão x Jimy Hettes
Chris Dempsey x Eddie Gordon

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *