Rodrigo Cavaca analisa mais uma seletiva do ADCC

Share it
Rodrigo Cavaca aplica uma gogoplata em Kitner Mendonça na final acima de 99kg. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

Rodrigo Cavaca e seu gogoplata afiada. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

Aos 34 anos, Rodrigo Cavaca é um dos campeões mundiais de Jiu-Jitsu inscritos na seletiva do ADCC no Rio, na Ilha do Governador, neste fim de semana. O professor de Buchecha defende o título da categoria até 99kg, conquistado na última edição da peneira, em 2013.

“Ganhei em 2013, mas não pude comparecer ao evento principal na China por problemas pessoais. Agora vou com força total, estou motivado mais do que nunca. Quero lutar o evento principal em agosto em casa, em São Paulo, com todos os meus alunos me assistindo no ADCC. Vai ser uma grande experiência para muitos alunos, que nunca me viram lutar no Brasil. Estou amarradão e empolgado. Vou com tudo, voando. Estou bem, me sentido como nunca”, conta o professor da Zenith.

Dono de torções perigosas no Jiu-Jitsu, Cavaca diz que para este ano tem algumas novidades na manga e pretende surpreender no Iate Clube, palco do torneio.

“Tenho minhas chaves de pé, omoplata, gogoplata, meu jogo é esse. Estou treinando cada vez mais e cada ano que passa tento colocar algo novo no meu jogo, para não ficar sempre marcado com a mesma coisa. Este ano tem novidade, sim. Há coisas novas para as competições futuras e para o Mundial na Pirâmide. Estou com esperança de que elas comecem a funcionar logo nessa seletiva e com certeza vou mostrar o melhor Jiu-Jitsu que eu puder”.

Quando está na Flórida, Cavaca auxilia os treinos de Vitor Belfort na parte de Jiu-Jitsu. A amizade tem rendido bons frutos.

“O Vitor é um cara fora de série e acrescentou muito na minha vida pessoal e profissional. Essa convivência com ele me torna uma pessoa mais madura. A tranquilidade e experiência do Vitor contribuíram bastante na minha vida. Ele me orienta bastante, é um cara que é atencioso comigo. Mesmo estando em outro país, ele está sempre interagindo, respondendo minhas mensagens. A gente tem muitas informações para trocar, é um cara que só veio para acrescentar na minha vida”, encerra.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Douglas at 8:04 am

    O Mestre Rodrigo Cavaca está com uma equipe muito forte, a Zenith jiujitsu está crescendo em termos de qualidade a cada dia, uma das características do Rodrigo Cavaca que cativam seus integrantes é a sua humildade e a sua atenção não sei como consegue mas ele trata cada um de forma nominal, é inacreditável mas existem equipes que dependendo da graduação ou da localidade, se quer, o jiujiteiro consegue falar com Mestre e se falar, o faixa preta responsável é chamado a atenção, Rodrigo Cavaca é um exemplo a ser seguido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *