Ana Laura aceita convite de Gabi Garcia para revanche: “Seria um desafio e tanto”

Share it
Ana Laura conquistou mais uma medalha no Jiu-Jitsu, ao vencer o Pan 2015. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Ana Laura conquistou mais uma medalha no Jiu-Jitsu, ao vencer o Pan 2015. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Em entrevista ontem ao GRACIEMAG.com, Gabi Garcia manifestou a vontade de fazer uma superluta no Metamoris, de preferência uma revanche contra Ana Laura Cordeiro, adversária que a vencera no longínquo Pan de 2009.

Com o convite publicado, nossa reportagem foi conversar com Ana Laura sobre o desafio. A invicta faixa-preta da Gracie Barra não descartou a peleja, e ficou feliz por ser lembrada.

“Eu li sobre o convite no GRACIEMAG, e achei legal a Gabi citar meu nome, é gratificante saber que ela me considera uma atleta tão qualificada. Acho que ela está certa, a nossa luta é digna de um Metamoris. Seria um desafio e tanto enfrentar uma atleta como a Gabi, em um evento tão prestigiado como esse. Vamos fazer essa campanha aí!”, incentiva ela.

Praticante de Jiu-Jitsu desde os 17 anos, Ana Laura construiu uma carreia bem vitoriosa na arte suave e nunca conheceu a derrota nos tatames. A vitória sobre Gabi é lembrada até hoje.

“Claro que me lembro, foi meu último campeonato antes da lesão nas costas que me deixou fora das competições por mais de cinco anos. A Gabi de hoje é uma Gabi bem diferente daquele Pan de 2009. Ela continuou treinando firme durante esses cinco anos em que fiquei ausente, e se tornou a duríssima Gabi Garcia de hoje. Estou tentando recuperar o tempo perdido, com muita vontade de títulos. Acho que seria uma luta muito boa e de muito respeito de ambas as partes. Uma luta com a Gabi iria me levar a treinar com pessoas bem mais pesadas que eu. Eu sempre penso que o grande desafio não é a luta ou o campeonato em si, acho que o meu grande desafio seria a preparação para uma luta dessas, e conseguir chegar bem no final do camp. Mas seria um desafio e tanto”, analisa Ana Laura.

A campeã do Pan 2015, ao vencer Andresa Corrêa, colega de Gabi, detalhou como anda a lombar.

“Eu tive uma lesão muito séria na lombar. Quando resolvi operar, meu médico me pediu sabedoria e bom senso para lidar com minhas novas condições. Não tenho uma coluna 100%, por isso tenho que lidar com dores e me superar todos os dias”, encerra Ana Laura.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *