Caio Terra fala do Pan de Jiu-Jitsu 2015 e comenta rivalidade com Bruno Malfacine

Share it
Caio Terra tenta pegar as costas. Foto: John Lamonica.

Caio Terra tenta pegar as costas. Foto: John Lamonica.

Bicampeão mundial de Jiu-Jitsu, o peso-galo Caio Terra ficou fora dos principais campeonatos de 2014, tudo por conta de um problema de saúde, já plenamente superado. Bem fisicamente e com os treinos a todo vapor, o galinho carioca radicado na Califórnia quer fazer de 2015 seu ano, após brilhar no Europeu em Lisboa.

Terceiro colocado no ranking mundial da faixa-preta, Caio é um dos grandes astros confirmados no Pan de Jiu-Jitsu 2015, que começa nesta quinta-feira, 12 de março, em Irvine, na Califórnia.

“Os treinos foram muito bons, aprendi muito com tudo que aconteceu em 2014. Claro que, apesar de tudo, das dores de cabeça e no corpo que tive, continuei estudando e tentando evoluir. Mas assim como eu, acredito que todos meus oponentes também vêm tentando evoluir”, disse Caio Terra, em papo com GRACIEMAG.

O faixa-preta líder da CTA encabeça a lista da divisão dos galos, que em Irvine conta com sete atletas, entre eles pedreiras como Bruno Malfacine, Koji Shibamoto e Fabbio Passos.

“Não dá para menosprezar ninguém. Claro que, todas as chaves têm seus favoritos, mas em todo campeonato a gente vê alguns favoritos caírem”, comenta Terra. Perguntado por que suas lutas com Bruno Malfacine, hexacampeão mundial, têm sido tão emocionantes, Caio dá seu diagnóstico:

“Acho que quando o nível é muito alto fica complicado ganhar posições, pois geralmente ambos os atletas sabem se defender extremamente bem. Em nossa luta é assim, não deixamos muito espaço para ataques”, ele analisa.

Quem vai dominar o peso-galo no Pan 2015, leitor? Comente com a gente, faça suas apostas!

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article

Deixe uma resposta para Fernando Halfeld Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *