Pezão quer vitória sobre Mir para voltar à trilha do cinturão no UFC

Share it

Pezão vê em Mir sua nova chance de chegar ao cinturão. Foto: UFC/Divulgação

Pezão vê em Mir sua nova chance de chegar ao cinturão. Foto: UFC/Divulgação

A caminho de seu quinto main event no UFC, o peso pesado Antônio Pezão está ajustando os últimos detalhes para o duelo contra o norte-americano Frank Mir pelo UFC Fight Night 61, que será disputado no próximo domingo, dia 22 de fevereiro, em Porto Alegre. Aos 35 anos, o Gigante da Paraíba, que tem entre seus principais feitos as vitórias sobre o russo Fedor Emelianenko e o holandês Alistair Overeem, teve uma preparação de altíssimo nível na American Top Team e contou com o auxílio de grandes nomes no mundo das artes marciais, casos de Fábio Maldonado e Roy Nelson, atletas do UFC, Augusto Sakai e King Mo Lawal, do Bellator, além de Steve Mocco, atleta olímpico de wrestling e responsável por refinar o jogo de quedas do brasileiro.

Em busca de sua 19a vitória na carreira, Pezão fez questão de frisar a qualidade de seus treinamentos e aposta em um resultado positivo para seguir de perto os principais lutadores de sua categoria. Em sua opinião, a lesão de Cain Velasquez, atual campeão, está movimentando a categoria dos pesos-pesados e, com isso, abrindo grandes possibilidades para os demais atletas.

“A minha preparação está sendo muito boa, com um nível muito elevado. Venho contando com a ajuda de vários profissionais de qualidade e isso vai me ajudar muito para entrar bem condicionado. Estou preparado para fazer um bom combate e voltar a ocupar uma posição de destaque dentro da minha categoria. A divisão está muito disputada por conta de lesão do Cain Velasquez, então uma vitória será excelente para me recolocar no caminho certo para disputar o cinturão dos pesos pesados”, disse.

Planejando lutar até quatro vezes no ano de 2015, Bigfoot prega respeito ao adversário, que, entre outros feitos, é ex-campeão dos pesos-pesados do UFC. Apesar das considerações ao oponente, o brasileiro mostra-se pronto para a batalha e com muita vontade de mostrar o seu valor no próximo domingo.

“O Frank Mir é um atleta duro e com muita bagagem dentro do evento. É um lutador muito bom tanto na parte de chão quanto na luta em pé, mas hoje em dia temos que estar prontos para todos os tipos de situações dentro do octógono. É preciso estar à vontade em todas as áreas e estou me sentindo dessa forma. Trabalhei muito pesado para essa luta e vocês podem esperar o melhor de mim no domingo”.

Antônio Pezão procura não fazer muitos planos antes do combate, mas espera uma temporada de muito sucesso e trabalho dentro do UFC. “Acho que esse ano de 2015 será muito melhor para mim. Me preparei muito para isso e vou fazer com que isso se realize. Tenho planos de realizar três ou quatro lutas nesta temporada e, quem sabe, chegar novamente a disputar o título da divisão”, concluiu.

Nascido no dia 14 de setembro de 1979, Antônio “Pezão” Silva fará o 26° combate de sua carreira no MMA profissional. O brasiliense, criado em Campina Grande (PB) e radicado na Flórida (EUA), fará apenas a sua segunda luta em território brasileiro. Sua trajetória teve início no ano em 2005, na Inglaterra, e, desde então, figura entre os principais pesos-pesados do mundo. As vitórias sobre Emelianenko Fedor, Alistair Overeem e Travis Browne catapultaram ainda mais a carreira do Gigante da Paraíba, que detém 18 vitórias na carreira, sendo 13 delas por nocaute.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *