Jair Lourenço comemora alunos classificados para Abu Dhabi

Share it
Leonardo Souza, Jhon Lennon e Fabiana de Madeiros venceram na seletiva. Foto: Reprodução

Leonardo Souza, Jhon Lennon e Fabiana de Madeiros venceram na seletiva. Foto: Reprodução

Única equipe do torneio a classificar três atletas para o WPJJC pelo Brazil National Pro, realizado em Natal, a Kimura/Nova União tem motivos de sobra para comemorar.

A equipe, originária da capital do Rio Grande do Norte, teve como campeões

Jair Lourenço, líder da Kimura, conversou com GRACIEMAG sobre a campanha de sucesso de sua equipe no torneio. Confira!

GRACIEMAG:  Como você definiu a equipe que ia participar da seletiva e quanto tempo durou o camp específico pro torneio?

Jair Lourenço: O que fizemos foi ser bem realistas com os atletas que são competidores de que um campeonato desse nível. Não vale a pena participar se não estiver muito bem preparado, diferente de um campeonato a nível regional que as pessoas vão muitas vezes para se divertir e sentir aquela adrenalina de competição. A partir daí já se iniciou uma seleção natural e na hora de montar o time consultei muitos dos nossos professores e faixas-pretas.

Quantos da Kimura/Nova União participaram da seletiva e qual a vantagem de lutar em casa?

Da nossa equipe entraram cerca de 70 atletas, mas, como participamos como Nova-União no total passamos dos 100 inscritos. Sobre lutar em Natal, só posso falar que é uma bênção para nossos atletas. Não precisar gastar caro com passagens e hospedagem é ótimo, já que só valor da inscrição em si, junto com a filiação, já fica pesado para alguns deles.

O que você pode dizer dos campeões classificados?

O primeiro classificado do dia foi nosso faixa-preta Leonardo Souza “Pêta” como é mais conhecido no mundo do Jiu-Jitsu. Aos 37 anos, ele esbanjou técnica e vigor físico ao vencer cinco lutas, superando alguns atletas que praticamente tem idade para serem seus filhos. (risos).
O segundo a carimbar o passaporte foi o Jhon Lennon na faixa-marrom, vencendo no seu peso até 65kg. Em seguida venceu o absoluto leve até 75kg, garantindo sua vaga pra Abu Dhabi. E pra fechar, quem garantiu nossa terceira vaga na verdade não foi um campeão e sim uma campeã, a Fabiana de Medeiros que venceu o peso e absoluto pesado na faixa-roxa.

E sobre os demais? Alguém que tropeçou nas chaves ou ficou de fora que teria chances de classificação?

Na verdade o que aconteceu foi que alguns atletas, que também tínhamos como favoritos, não puderam participar. Alguns por motivo de lesão como foi o caso do faixa-roxa Horlando Monteiro, que ano passado terminou como primeiro no ranking mundial da IBJJF, e os lutadores de MMA Claudinha Gadelha, faixa-preta e atleta do UFC,  e o faixa-roxa Ciro Bad Boy , que pegaram uma forte virose e não também não puderam participar. Juntando esses três atletas com mais outros quatro que por motivos semelhantes também ficaram impossibilitados lutar, posso dizer que tínhamos chances reais de garantir mais algumas vagas.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Junior Picuí Junior at 12:05 am

    Ainda teve mais , pena que eles anunciaram uma coisa na inscrição e foi outra o atleta Matheus da Kimura Nova União de Santa Cruz, também ficou em 1º lugar na categoria dele na faixa Branca, depois que foram comunicar a ele.

Deixe uma resposta para Junior Picuí Junior Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *