Europeu 2015: André Galvão e Gabi Garcia reinam em dia Langhi, Marcinho e Caio Terra

Share it
Galvão em ação no Europeu da IBJJF. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Galvão em ação no Europeu da IBJJF. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

O primeiro Campeonato Europeu da carreira de André Galvão foi marcante. Neste domingo, 25 de janeiro, o professor da Atos deu show de Jiu-Jitsu e confirmou o favoritismo, ao dominar o meio-pesado e o absoluto em Lisboa, Portugal.

Galvão venceu Igor Silva, da GFTeam, na final do aberto por finalização verbal, já que este sentiu uma contusão na costela no decorrer do combate. O placar marcava 9 a 2 para Deco.

“Agradeço aos meus fãs pelo apoio durante as lutas, foi a minha primeira vez lutando no Europeu e adorei. Vocês me deram um gás extra”, postou o campeão nas redes sociais.

Na final da categoria, Galvão usou a experiência para domar o duro Renato Cardoso, que usou bons ataques no pé. André venceu por 4 a 0, graças a uma pegada de costas.

Gabi Garcia ataca o braço. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Gabi Garcia ataca o braço. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

No aberto feminino, Gabi Garcia foi a rainha absoluta. A estrela da Alliance asfixiou Mackenzie Dern no cem-quilos, para ficar com o título e a medalha de ouro da IBJJF. Antes da vitória no fim, Gabi precisou defender uma capotada e um estrangulamento aplicado por Mackenzie, que rendeu uma vantagem à filha de Megaton. O público foi ao delírio com a luta. A aluna de Fabio Gurgel ainda vencera o superpesado, ao estrangular Venla Orvokki (Hilti BJJ) na final.

Pesos da faixa-preta

O peso-galo foi dominado por Caio Terra (Brasa) novamente. Na final, Caio estrangulou Nicolas Gaillard (Toulon JJB) pelas costas.

No pluma, os irmãos Paulo e João Miyao fecharam. O mesmo caso aconteceu no peso médio, com JT Torres e Davi Ramos, faixas-pretas da Atos.

Marcio viajou de Abu Dhabi para vencer em Portugal. Na foto, Marcinho bloqueia o berimbolo de Gianni. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Marcio viajou de Abu Dhabi para vencer em Portugal. Na imagem, Marcinho bloqueia o berimbolo de Gianni. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Marcio André mostrou que chegou com tudo no peso-pena. Na disputa pelo ouro, Marcinho adotou boa estratégia: puxou junto com Gianni Grippo, subiu e ganhou uma vantagem. Por cima, o faixa-preta da Nova União radicado em Abu Dhabi pôs pressão, chegou à lateral de Grippo, mas não estabilizou, ganhando apenas uma vantagem. De costas no chão, Gianni tentou raspar Marcinho algumas vezes, mas não teve sucesso. No fim, o aluno de Fábio Andrade venceu por 4 a 3 nas vantagens.

No peso leve, Michael Langhi (Alliance) conquistou o sexto título europeu da IBJJF. A final foi contra Gabriel Rollo (Checkmat) e a vitória veio na decisão dos juízes.

Erberth Santos (Lloyd Irvin/Guigo) ficou com a medalha de ouro no pesado, já que Tarcísio Jardim (Checkmat) não pôde lutar a final por conta de uma lesão.

Lucio Lagarto (GB) fechou o superpesado com o amigo de equipe Christopher Bowe (GB) e ficou com o título.

Ricardo Evangelista e Igor Silva fecharam o pesadíssimo para a GFTeam.

Michelle Nicolini passou a guarda de Mackenzie na final do pena. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Michelle Nicolini passou a guarda de Mackenzie na final do pena. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Mulherada faz bonito

Michelle Nicolini brilhou no peso-pena feminino. Nos últimos segundos, Nicolini passou a guarda de Mackenzie Dern para virar o placar, que terminou em 9 a 8 em favor da paulista.

Com uma raspagem, Angélica Galvão garantiu o título no peso leve contra Anna Louise (CFS BJJ).

A fera Janni Larsson (Checkmat) brilhou no peso médio. Para ficar com o título, ela raspou Amanda Loewen (SBGI).

E para você, qual foi a grande luta do Europeu 2015 em Lisboa?

Para ver todos os resultados do Europeu 2015, clique aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *