Aprenda com o Jiu-Jitsu finalizador de Tererê

Share it

capa_215brDono de um arsenal de golpes implacáveis, Fernando Tererê detalha na edição deste mês o jogo eficiente que o fez ser considerado um fenômeno na arte suave. “É uma mistura de técnicas do Gigi Paiva, do Fabio Gurgel e do Leozinho Vieira. E da galera do judô”, diz o faixa-preta, aos 35 anos.

Com a ajuda do parceiro Elan Santiago, Tererê mostra, com exclusividade, quatro posições que prometem elevar o seu Jiu-Jitsu a uma nova dimensão técnica.p_40_215br

 

Artes complementares

Faixa-preta radicado nos Estados Unidos, Caio Terra revela os benefícios que o Jiu-Jitsu sem kimono oferece à luta com pano e vice-versa. São ao todo sete mecânicas que ajudam o praticante a entender melhor conceitos fundamentais como posicionamento, controle, estabilização, velocidade, timing, resistência, etc.

p_62_215br

 

Desanimar jamais

Como o campeão mundial de Jiu-Jitsu Fabricio Werdum passou de gaiato finalizado na praia a herói na TV. Em depoimento especial para a GRACIEMAG o campeão interino dos pesados do UFC reflete sobre os percalços da carreira e ressalta a importância de jamais se deixar abater pelas dificuldades.

p_58_215br

 

Uma perna de cada vez

Especialista em preparação física, Martin Rooney III mostra a importância de incluir exercícios unilaterais na sua série de musculação.

p_72_215br

 

A sabedoria é vermelha

Aos 90 anos, Armando Wriedt, aluno de Helio Gracie que segue ensinando Jiu-Jitsu numa bucólica chácara em Brasília, conta o que aprendeu em sua longa e suada caminhada.

p_14_215br

 

E mais:

  • Como montar um plano de aula, por Vitor Shaolin
  • 10 motivos para você vencer o medo e praticar Jiu-Jitsu em 2015
  • Lições de wrestling: Do armdrag para o single-leg
  • Cuidados que você deve tomar para treinar no calor do verão

 

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Alexandre Maduro at 6:56 pm

    Infelizmente não tenho como ler a minha Revista, pois tenho sido destratado pelos Correios que deixam a revista em qualquer lugar: Na casa de vizinhos, no chão, já encontrei revista na calçada. Espero que GracieMag tome providências, pois os Correios prestam um serviço para a Empresa e está desagradando o cliente final que sou eu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *