Cara de Sapato confirma descida de peso no UFC

Share it
O paraibano confirmou a descida dos meio-pesados para os médios. Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto

O paraibano confirmou a descida dos meio-pesados para os médios. Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto

O último UFC de 2014, realizado no sábado 20, em Barueri, trouxe sensações distintas para dois membros da Nova União. Hacran Dias venceu Darren Elkins por decisão unânime dos jurados laterais, após estratégia perfeita, e Antônio Carlos Jr, o Cara de Sapato, não teve a mesma sorte, sofrendo seu primeiro revés na carreira, para Patrick Cummins. Campeão do “TUF Brasil 3” pela divisão dos pesados, o paraibano estreou no octógono entre os meio-pesados, e confirmou que, em 2015, vai descer para a divisão dos médios (até 84,3kg).

“Cummins é um cara muito forte para a categoria, além ser mais pesado do que eu, e isso me desgastou muito. Sem tirar os méritos dele e usar qualquer tipo de desculpa, isso foi a chave para eu ter a certeza que minha categoria é a dos médios. Conversei com minha equipe, achamos melhor descer mesmo, eu era o único que ainda resistia um pouco, mas depois da luta não tive mais dúvidas. Só quero fazer tudo com calma e procurar os melhores profissionais para me auxiliarem nesse processo”, avalia Cara de Sapato.

Hacran comemora vitória renovadora

Hacran Dias entrou no octógono disposto a encerrar a sequência de duas derrotas no UFC, e contra Darren Elkins montou uma estratégia surpreendente. Trabalhando bem o jogo de clinche e Jiu-Jitsu, Hacran usou contra o americano justamente sua especialidade e, pressionado, Ellkins não conseguiu impor seu jogo, enquanto o brasileiro levou a melhor tanto em pé quanto no chão.

“Minha estratégia era pressioná-lo e fazer contra ele o seu próprio jogo. Queria confundi-lo um pouco, mesclando boxe, botando para baixo e trabalhando bem o clinche. A ideia era não me arriscar tanto, já que eu vinha pressionado. Estou feliz que tenha dado tudo certo, a estratégia foi bem executada e divido os méritos com o pessoal que está comigo diariamente. Agradeço muito a eles por isso”, garante Hacran.

Hacran conseguiu sua segunda vitória no UFC em quatro lutas e livrou-se da pressão imediata por resultados positivos.

“Essa vitória foi muito importante para mim. Estava vindo de duas derrotas e sabia que se perdesse poderia ser mandado embora. Entrei pressionado, mas consegui afastar isso e trazer essa pressão para o lado positivo, me motivando e fazendo a estratégia certa para sair com a vitória”, encerra o faixa-preta.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *