Roger Gracie e o MMA: “Não tenho como objetivo voltar ao UFC”

Share it
Roger aposta no seu Jiu-Jitsu para vencer no One FC. Foto: Esther Lin/Strikeforce

Roger aposta no seu Jiu-Jitsu para vencer no One FC. Foto: Esther Lin/Strikeforce

Tricampeão mundial absoluto de Jiu-Jitsu, Roger Gracie continua sua saga no MMA. Após atuar no gigante e hoje finito Strikeforce, com uma  passagem pelo UFC, Roger agora trilha seu caminho no One FC com muitas expectativas.

Ele, que tem luta marcada para o dia 5 de dezembro contra James McSweeney na 23° edição do One, teve uma passagem pouco proveitosa no maior evento de MMA do mundo. Em sua única luta, no qual atuou como peso médio, Roger amargou a derrota na decisão dos jurados e foi desligado. Sua nova empreitada no One poderia dar o ritmo certo para voltar ao UFC, mas um retorno está fora dos planos de Rojão:

“Não tenho como objetivo voltar para o UFC. Acredito que ficarei no One FC até me aposentar”, disse o campeão.

Confira abaixo a entrevista na íntegra:

GRACIEMAG: Você tinha anunciado a aposentadoria do MMA e o retorno ao Jiu-Jitsu. O que te fez mudar de opinião e retomar a carreira no MMA?
Roger Gracie: O que me fez voltar ao MMA foi o meu primo Renzo Gracie. Ele que me convenceu a lutar novamente.

Nas lutas anteriores, na categoria de pesos médios, você teve problemas com a perda de peso. E agora, lutando nos meio-pesados, como tem sido a preparação?
Eu já sofri muito para bater o peso nos médios. Agora pra lutar nos meio-pesados não vou ter problema nenhum. Estou me sentindo super bem preparado e não vejo a hora da lutar novamente.

O que você pode nos dizer sobre o seu adversário, o McSweeney?
Ele é um cara bem forte, o carro-chefe dele é o muai thai. Mas treinei bastante para essa luta e é só colocar o meu Jiu-Jitsu em pratica.

Com essa volta ao MMA, você tem o retorno ao UFC como próximo objetivo?
Não tenho como objetivo voltar para o UFC. Estou gostando bastante do One Fc e acredito que ficarei aqui até me aposentar. É um evento que já é o maior da Ásia e tem tudo pra ser o maior do mundo muito em breve.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *