Pezão conta com ajuda de Minotauro e Cigano para vencer Mir no UFC 184

Share it

Pezão sonha com a vitória no UFC 160. Foto: Donald Miralle/Zuffa LLC via Getty Images

Pezão busca conselhos para bater Mir no UFC em Los Angeles. Foto: Donald Miralle/Zuffa LLC via Getty Images

O fim de ano promete ser de intenso trabalho para Antônio Pezão. O lutador soube, na última semana, que irá encarar o experiente Frank Mir no UFC 184, marcado para o dia 28 de fevereiro de 2015, em Los Angeles. Este será o sétimo combate do Gigante da Paraíba dentro da maior organização de MMA do planeta. Com 18 vitórias e seis derrotas no cartel, o brasileiro busca reabilitação dentro do evento, já que foi derrotado por Andrei Arlovski em seu último duelo, realizado no mês de setembro, em Brasília.

Motivado por retornar contra um oponente tão renomado, Pezão comemora a oportunidade de iniciar o próximo ano com mais um grande embate. Apesar de ter conseguido uma maior regularidade nas últimas temporadas, ele não se considera favorito e faz questão de lembrar a trajetória vitoriosa do adversário.

“Acho que o casamento desta luta foi bom para mim, pelo fato de encarar outro excelente adversário. O Frank Mir é um atleta que merece muito respeito e é um ex-campeão da categoria. Acho que vai ser um grande combate. Quem tem que achar, se sou favorito ou não, é a torcida. O que vou fazer é me dedicar ao máximo durante os meus treinamentos para que possa chegar muito bem preparado e fazer uma ótima luta”, disse.

O peso-pesado pretende esquecer a derrota sofrida para Andrei Arlovski e acredita que uma vitória sobre Mir seria excelente para recolocá-lo em uma posição privilegiada na categoria. Confiante, ele revelou que procurará informações com os amigos Rodrigo Minotauro e Junior Cigano, que já enfrentaram o norte-americano anteriormente. “Tenho certeza que será uma boa luta para me recuperar, já que o Frank Mir é muito conhecido e tem o nome muito forte aqui nos Estados Unidos. É fundamental trocarmos informações antes de nossos combates e será ótimo pedir mais detalhes para dois grandes amigos que eu tenho dentro do esporte. Serão dicas muito valiosas”.

Submetido a uma cirurgia no fim de setembro, para a retirada de um pequeno tumor no cérebro, Antônio Pezão, que sofre há muitos anos com a acromegalia, doença popularmente conhecida como “gigantismo”, garante estar completamente recuperado do processo cirúrgico. Ele também comentou como o procedimento irá lhe auxiliar em suas próximas preparações.

“A minha recuperação foi 100%, tudo ocorreu conforme o planejado e estou me sentindo muito bem. Esse procedimento vai ajudar muito na minha regulação hormonal. Sendo assim, vou conseguir perder peso naturalmente, o que vai me auxiliar bastante na parte de agilidade e de performance dentro do octógono”, concluiu.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *