Sertanejo e Mineiro falam da confiança em Thomas Almeida, estreante no UFC

Share it
Thomas (esq.) junto de seus companheiros de Chute Boxe. Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto

Thomas (esq.) junto de seus companheiros de Chute Boxe. Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto

Neste sábado, dia 8 de novembro, no UFC Fight Night 56, em Uberlândia, muita atenção estará depositada na estreia de Thomas Almeida. Para a luta contra Tim Gorman, pela categoria peso-galo, o atleta carrega um currículo avassalador de 17 vitórias em 17 combates no MMA profissional, sendo 14 por nocaute. Para subir no octógono mais tranquilo, ele contou com o auxílio de Felipe Sertanejo e Lucas Mineiro, parceiros de treino na Chute Boxe Diego Lima e que, juntos, somam 12 exibições pela franquia.

Os dois estarão no córner de Thominhas quando a porta do octógono se fechar, passando toda a experiência que os anos de UFC lhes proporcionaram. Felipe tem três anos de organização e Lucas, dois. Nos treinamentos, as dicas dos mais experientes deram a tônica. Ao lado do líder e treinador da Chute Boxe, Diego Lima, Lucas Mineiro, que inclusive já lutou no peso-galo, foi peça-chave no camp, e deposita esperança no amigo.

“Ele está pronto. Ajudei mais na conversa com ele, para não ficar nervoso. Em relação ao treinamento, a ajuda é a que todos na Chute Boxe se dão. O talento dele é incrível. Estamos tranquilos em relação a isso. Falei que, quando a porta do cage fecha, é só ele e o cara lá dentro. Concentração e foco. Talento ele tem de sobra”, explica Lucas Mineiro, completando: “Ele já deveria ter estreado antes no UFC. Está com a cabeça feita. O garoto é uma máquina. Em menos de um ano vai ser uma das sensações e em breve vai buscar e ser o dono do cinturão”.

A opinião de Felipe Sertanejo sobre o talento de Thomas Almeida não difere da de Lucas. Para ele, o jovem será também um dos grandes nomes entre os pesos-galos e garante que o nervosismo da estreia não será obstáculo para o amigo.

“O Thominhas é dos melhores que já vi, tanto que é arrasador em cima do cage. Imbatível, nocauteou em 90% das lutas que venceu. Estamos conversando e treinando juntos há alguns meses em nossos camps. Tento sempre falar para ele que basta subir no octógono e mostrar tudo o que sabe, que não vai ter problemas. Sei que pode bater uma ansiedade, mas nada que não resolva assim que iniciar a luta. Thomas tem a cabeça boa, é diferenciado na qualidade. Vai brilhar muito”, opina Felipe Sertanejo.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

UFC: Shogun x ST-Preux
Uberlândia, Minas Gerais
8 de novembro de 2014

Maurício Shogun x Ovince St-Preux
John Lineker x Ian McCall
Warlley Alves x Alan Jouban
Cláudio Hannibal x Leon Edwards
Juliana Lima x Nina Ansaroff

Card preliminar

Diego Rivas x Rodolfo “Fito” Rubio
Caio Monstro x Trevor Smith
Dhiego Lima x Jorge Blade
Leandro Buscapé x Charlie Brenneman
Thomas Almeida x Tim Gorman
Wagner “Wagnão” Silva x Colby Covington

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *