No som e no tato, lutador de Jiu-Jitsu cego vence mais uma

Share it

Nos últimos dias 19 e 20 de outubro, um faixa-branca de Jiu-Jitsu voltou a roubar a cena e muitos aplausos e felicitações durante campeonato em Fortaleza, no ginásio Paulo Sarasate.

O deficiente visual Darlison Silva (Academia MG), aluno de João Vaqueiro, mostrou novamente que limites e medos são feitos para ser vencidos. Na base do tato e do som do seu treinador, Darlison (kimono branco) venceu seu oponente no torneio no Ceará ao passar a guarda, dominar as costas e encaixar a finalização fulminante.

Confira a luta, aplauda a garra dos dois competidores e bons treinos logo mais. E na sua academia, há um exemplo parecido? Comente com a gente.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *