Bia, Treta, Márcio e Cassão brilham no Brasileiro de Jiu-Jitsu Sem Kimono

Share it
Campeãs mundiais, Bia Mesquita e Talita Treta foram os destaques femininos no Brasileiro Sem Kimono. Foto: Carlos Arthur Jr.

Campeãs mundiais, Bia Mesquita e Talita Treta foram os destaques femininos no Brasileiro Sem Kimono. Foto: Carlos Arthur Jr.

Os mais duros faixas-pretas do cenário competitivo retornaram ao famigerado Tijuca Tênis Clube, porém sem o tradicional paletó. Este sábado, 25 de outubro, foi dia de disputar o Brasileiro de Jiu-Jitsu Sem Kimono.

Com seis tatames no ginásio, o público foi brindado com belas finalizações, giros, e boas passagens de guarda. A disputa dos faixas-pretas terminou por voltas de 14:40h, horário de Brasília.

Os primeiros a pisarem no tatame, para brigar por uma medalha de ouro com selo da CBJJ, foram Rafael Souza (GFTeam) e Victor Miguez (GH) na divisão peso-pena. O vencedor foi Rafael, que saiu na frente por dois pontos. Ao ter o braço erguido pelo juiz, o faixas-preta campeão não conteve as lágrimas.

Na categoria pluma, Paulo Melo foi rápido no gatilho. O faixa-preta da Gracie Barra usou um bonito triângulo da montada para arrochar o sempre perigoso Leandro Tatu, representante da Soul Fighters.

O sempre disputado peso leve reuniu os experientes e galera da nova geração da arte suave. A final ficou por conta de Marcio André (Nova União) e Kim Terra, irmão do astro Caio Terra. O aluno de Fabio Andrade foi contemplado com a vitória, após vencer o experiente adversário por três vantagens, depois de um explosivo empate em 4 a 4 nos pontos.

O médio foi dominado pelo canadense Jake Mackenzie (GFTeam). Na final, Jake venceu João Cândido (Nova Geração).

A categoria meio-pesado foi disputada por Charles Negromonte e Claudio Caloquinha, ambos da Gracie Barra. Sem pensar em fechar, Charles venceu o companheiro de equipe por dois pontos.

Cassio Francis foi o melhor no pesadíssimo. Para ficar com o título, o faixa-preta da GB venceu Gilmar Silva (BSB) por dois pontos.

Nos demais combates, Marcus Vinicius e Alberto Ramos fecharam o pesado para a equipe carioca GFTeam. Cristiano Lazzarini (Gracie Barra) finalizou Grimaldo Oliveira (GFTeam) para ficou com a vitória no superpesado.

Entre as mulheres, as melhores faixas-pretas do dia foram Bia Mesquita (Gracie Humaitá) e Talita Treta (Ryan Gracie), que venceram no meio-pesado e superpesado, respectivamente.

Para acompanhar os resultados do torneio sem pano, clique aqui!

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Nfg Treinamento Funcional at 10:05 am

    PARA O JIU JITSU SE TORNAR VERDADEIRAMENTE GRANDE DEPOIS DE CADA GRANDE EVENTO É NECESSÁRIO LIBERAR AS LUTAS PORQUE QUASE NINGUÉM CONHECE O ESPORTE PROFISSIONAL, QUEM CONHECE É MENOS DE 4% COMO VAMOS CRESCER? NÃO É TODOS QUE PODEM PAGAR PARA ASSISTIR. ESSE É MEU PONTO DE VISTA ABRAÇO A TODOS OS ORGANIZADORES DE EVENTOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *