No mês da criança, festival infantil de Jiu-Jitsu agita interior de São Paulo

Share it
A pequena Marina Iwamoto, de sete anos, com seu kimoninho rosa em um armlock. Foto: Carlos Arthur Jr./GRACIEMAG

A pequena Marina Iwamoto, de sete anos, com seu kimoninho rosa em um armlock. Foto: Carlos Arthur Jr./GRACIEMAG

Outubro é o mês das crianças, e nada mais justo que contemplar os pequenos com um evento exclusivo para eles. Foi neste intenção que surgiu o 1° festival Oss kimonos de Jiu-Jitsu, um torneio amistoso entre os pequenos para celebrar a criança e a arte suave, realizado neste sábado, dia 18 de outubro.

A molecada mostrou nível técnico de gente grande. Foto: Carlos Arthur Jr./GRACIEMAG

A molecada mostrou nível técnico de gente grande. Foto: Carlos Arthur Jr./GRACIEMAG

Nos quatro tatames montados no Ginásio de Esportes Agostinho Favaro Lara, em Paulínia, interior de São Paulo, os valentes faixas-branca, cinza, amarela, laranja e verde, tiveram um dia especial. Convocação ao dojô, aquecimento com os árbitros faixas-pretas e os aguardados combates, que seguiram as regras oficiais da CBJJ. Pais, responsáveis e professores se aglutinavam na beira da área luta para fotografar e incentivar seu protegidos.

As meninas também não deram moleza no Jiu-Jitsu. Foto: Carlos ArthurJr./GRACIEMAG

As meninas também não deram moleza no Jiu-Jitsu. Foto: Carlos ArthurJr./GRACIEMAG

No fim do show, nada de choro ou tristeza para os que não venceram, pois todos saíram campeões, com suas merecidas medalhas douradas no peito.

Campeã mundial, Tali Treta esteve entre os árbitros do evento. Foto: Carlos Arthur Jr./GRACIEMAG

Campeã mundial, Tali Treta esteve entre os árbitros do evento. Foto: Carlos Arthur Jr./GRACIEMAG

O festival Oss kimonos de Jiu-Jitsu foi realizado como prévia para o ADCC Paulínia, evento sem kimono que classifica o campeão da categoria Profissional para a seletiva do mundial do ADCC, em 2015, além de premiações em dinheiro para os vencedores das categorias e do absoluto.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe um comentário para Henrique Saraiva Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.