Campeão mundial sem kimono da Alliance ensina: “Jiu-Jitsu é mente aberta”

Share it
Paulinho Baraúna morde a medalha de ouro. Foto: Arquivo Pessoal

Paulinho Baraúna morde a medalha de ouro. Foto: Arquivo Pessoal

Faixa-preta da Alliance, Paulinho Baraúna conquistou mais uma medalha de ouro para a coleção, no peso pesado do Mundial de Jiu-Jitsu Sem Kimono, no último fim de semana na Califórnia. Baraúna ainda fisgou a medalha de prata no absoluto.

O guerreiro listou três dicas que ele considera importante para você “abrir a mente” e deixar seu Jiu-Jitsu fluir.

1. Plano de treino e Jiu-Jitsu básico

“Ter um plano de treino ajudou bastante na minha evolução dentro do Jiu-Jitsu. Não é a quantidade de treino, é a qualidade que faz toda a diferença. Nunca deixe de treinar o básico e os fundamentos. Isso vai deixar você mais tranquilo para tomar decisões na hora da luta”, conta o professor.

2. Tenha a mente aberta para aprender

“Com toda essa evolução do Jiu-Jitsu que vemos hoje, é preciso ter a mente aberta. Podemos até aprender com um menos graduado. Nunca vamos saber tudo. Jiu-Jitsu é abrir a mente”, lembra Paulinho.

3. Não confunda derrota com fracasso

“A derrota é um aprendizado que coloca o praticante no eixo. Faz o atleta observar seu jogo e seu Jiu-Jitsu com outros olhos e ensina bastante. Você volta a lutar com mais sede e vontade. Basta então deixar seu Jiu-Jitsu fluir”, conclui o faixa-preta.

banner_rodape_campanha_GB_lancamento

Ler matéria completa Read more
There are 10 comments for this article
  1. Marcio Eduardo Silva at 11:35 am

    Pode até ter sido no Master mas o Paulinho tem lutado no adulto aqui nos Emirados e levando a maioria. Casca grossa de primeira.

  2. Marcos Marreta Oliveira at 8:25 pm

    Comentário desnecessário, já viu o tanto de casaca grossa que tem no master? Paulinho luta no adulto e sempre bateu de igual pra igual com qualquer um……sinistro!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *