Pan de Jiu-Jitsu Sem Kimono: Jackson e Luiza levam ouro nos absolutos em NY

Share it
Jackson Sousa usou a pressão para vencer AJ na final do absoluto. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Jackson Sousa usou a pressão para vencer AJ na final do absoluto. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

No Pan de Jiu-Jitsu Sem Kimono de 2014, em Nova York, a ação foi constante no ginásio. Os tatames estiveram cheios das 9 da manhã às 9 da noite. As divisões mais cheias – além das azuis, que sempre dão início ao dia – foram as de adultos faixas-pretas.

Jackson Sousa (Checkmat) e Luiza Monteiro foram as estrelas do torneio da IBJJF.

Assim correram as lutas do absoluto faixa-preta:

Abraham Marte derrotou Gabriel Toribio por disqualificação.
Gianni Grippo derrotou Garry Tonon por 6-4 pontos.
Mauro Santiago derrotou Nicholas Liaskos por 20-0 pontos.
Romulo de Souza derrotou Vinicius Agudo com um armlock.
Enrique Coco derrotou Thiago Ribeiro por 8-2 pontos.
Gianni Grippo derrotou Mauro Santiago por 2-1 vantagens.
AJ Agazarm derrotou Jorge Elias.
Jackson Sousa derrotou Romulo de Souza por 4-0 pontos.
Abraham Marte derrotou Enrique Coco por 4-0 pontos.
AJ Agazarm derrotou Nik Nikolaisen por 4-0 pontos.
Jackson Sousa derrotou Gianni Grippo 2-0 pontos.
AJ Agazarm derrotou Abraham Marte por 4-2 pontos.
Jackson Sousa derrotou AJ Agazarm com um armlock.

Primeiro – Jackson Sousa dos Santos – CheckMat
Segundo – AJ Agazarm – Gracie Barra
Terceiro – Abraham J. Marte Messina – Yamasaki Academy
Terceiro – Gianni Paul Grippo – Alliance Marcelo Garcia

Na divisão de peso, os resultados foram:

Pluma

A chegada de João Miyao elevou o ânimo nesta divisão. Com cinco atletas participando, a final acabou opondo Mark Ramos (Ricardo “Rey” Diogo BJJ) a João Miyao (Cicero Costha). João finalizou em seu primeiro combate com um armlock, e Mark terminou o dele com uma guilhotina. Na final, João superou Mark com um armlock.

Primeiro – João Ricardo Bordignon Miyao (Cicero Costha)
Segundo – Mark Daniel Ramos – (Ricardo “Rey” Diogo BJJ)
Terceiro – Vitor Peres Paschoal – (CTA)
Terceiro – Jorge Elias Bucaram Santistevan (Alliance)

Pena

A divisão pena também teve cinco lutadores, e dois queriam se encontrar na final: “Queixinho” e Samir Chantre (Caio Terra Association). E foi o que sucedeu. Queixinho derrotou Gianni Grippo em sua primeira luta – com um placar de 2-2 pontos, 3-2 vantagens e 1-0 punição. Samir ficou de bye e venceu na sua estreia a Joey Taliercio, que derrotara Daniel Keane. O duelo não foi abreviado, terminando com placar de 23-0. A final foi fechada, decidindo-se que Queixinho pegaria o ouro, visto que Samir já havia triunfado no ano passado. É o terceiro ano seguido que eles fecham este torneio.

Primeiro – Osvaldo Augusto Honorio Moizinho (CTA)
Segundo – Samir José Chantre Dahás (CTA)
Terceiro – Gianni Paul Grippo (Alliance Marcelo Garcia)
Terceiro – Joseph Wallace Taliercio (Renzo Gracie)

Leve

O peso leve tinha seis atletas de primeira. A final opôs Garry Tonon a Rodrigo Freitas. Garry derrotara Edson Oliveira com um mata-leão, e também a AJ Agazarm pelo mesmo método; Rodrigo havia superado Renan Borges por pontos. A vitória de Rodrigo na final foi apertada: 2-2 pontos, 3-2 vantagens.

Primeiro – Rodrigo Lamounier de Freitas (Gracie Barra)
Segundo – Garry Lee Tonon (Renzo Gracie)
Terceiro – Renan Borges (New England United BJJ)
Terceiro – AJ Agazarm (Gracie Barra)

Médio

O médio foi o peso mais repleto, com presença de grandes nomes. A final foi feita por Enrique Coco e Vitor Oliveira. Enrique havia passado por Nik Ruben Nikolaisen e Francisco Iturralde. Vitor derrotara Leonardo Iturralde, e seu segundo adversário não apareceu para a semifinal. A final foi dura, com Vitor pressionando para passar e Enrique atacando os pés. No fim, Vitor foi às costas e logrou um estrangulamento.

Primeiro – Vitor Henrique Silva Oliveira (GF Team)
Segundo – Enrico Daniel Cocco (Fight Sports)
Terceiro – Leonardo I. Iturralde Aguirre (Alliance Ecuador)
Terceiro – Francisco Antonio Iturralde Lara (Alliance)

Meio-pesado

Cinco homens entraram no meio-pesado, e ao fim Brian Beaury e Claudio Cardoso eram os finalistas. Brian tinha derrotado Warren Stout, e Claudio passara por Romulo de Souza. A final foi equilibrada; Brian trabalhou a raspagem, e Claudio estava em boa situação por cima. Assim que Brian subiu para raspar, Claudio terminou a luta com um mata-leão no pé.

Primeiro – Claudio de Mattos Cardoso (Gracie Barra)
Segundo – Brian J Beaury II – (Abusado Team)
Terceiro – Vinicius Agudo Silva (Team Link)
Terceiro – Romulo de Souza Azevedo (Welton Ribeiro)

Pesado

Quatro atletas se inscreveram, resultando num mata-mata. Lucas Rocha e Mauro Santiago chegaram à final. Lucas havia passado por Gabriel Toribio, e Mauro derrotara Jackson Souza com uma passagem de guarda perto do fim da luta. A final foi fechada, e Mauro ficou com o ouro.

Primeiro – Mauro Celso Santiago (Gracie Barra)
Segundo – Lucas Rocha de Freitas (Gracie Barra)
Terceiro – Jackson Sousa dos Santos (CheckMat)
Terceiro – Gabriel Toribio (Renzo Gracie)

Superpesado

Com três competidores, o superpesado foi disputado em sistema de liga. Thiago Ribeiro venceu o primeiro combate, contra Nelson Puentes. Em seguida, Nelson derrotou Nicholas Liaskos, assegurando um lugar na final. Thiago derrotou Nelson novamente, por armlock, para obter o ouro.
Primeiro – Tiago Ribeiro do Valle Giussani ( FIT)
Segundo – Nelson Horacio Puentes Zuniga (Alliance NYC)
Terceiro – Nicholas A Liaskos (RABJJ)

Pesadíssimo

Mais um torneio em sistema de liga. Gabriel Lucas ganhou de Bruno Bastos, que depois foi estrangulado por Abraham Messina. Na final contra Gabriel, as tentativas de triângulo de Abraham não bastaram; Gabriel passou e fez 3-0.

Primeiro – Gabriel Lyrio Lucas (CheckMat)
Segundo – Abraham J. Marte Messina (Yamasaki Academy)
Terceiro – Bruno Bastos Cruz (Bruno Bastos Association)

Luiza Monteiro reinou entre as mulheres. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Luiza Monteiro reinou entre as mulheres. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Feminino

A única divisão feminina com quorum na faixa-preta foi o peso médio. Luiza Monteiro e Megan Nevill se encontraram, e Luiza teve uma convincente vitória por 16 a 4 pontos, garantindo o ouro para si.

Primeira – Luiza Monteiro Moura da Costa (Cicero Costha)
Segunda – Megan Ann Nevill (Renzo Gracie)

Bibiana Silva foi campeã do peso-pena, não tendo nenhuma adversária com quem lutar.

Absoluto Feminino

Eis os resultados do aberto feminino, faixa-preta adulto, em sistema de liga:

Luiza Monteiro derrotou Megan Nevill com uma chave de perna reta.
Megan Nevill derrotou Bibiana Silva com um mata-leão.
Luiza Monteiro derrotou Megan Nevill com uma chave de tornozelo.

Primeira – Luiza Monteiro Moura da Costa (Cicero Costha)
Segunda – Megan Ann Nevill (Renzo Gracie)
Terceira – Bibiana Dios Tan Pacini S. Silva (UFC Gym)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *