Professor retorna às competições após 7 anos e vence em Dubai

Share it
Sid Jacintho vence torneio de Jiu Jitsu em Dubai

Sid Jacintho venceu em Dubai: retorno após sete anos sem competir. Foto: Acervo GRACIEMAG

Em Dubai, 19 e 20 de setembro foram dias de puro Jiu-Jitsu no ginásio do Al Wasl Club, em mais um bom campeonato da arte suave organizado nos Emirados Árabes. O aberto em Dubai reuniu feras como o campeão europeu Alexander Trans, Faisal Al-Kitbi e outros craques.

Professor radicado em Abu Dhabi, Sid Jacintho estava lá, e como velho parceiro de treinos de Ricardo Arona e outros craques da BTT, resolveu cair dentro e tirar a ferrugem, após sete anos sem lutar por medalha.

“Na verdade foi uma decisão pensada, pois vinha treinando forte com os companheiros do time de competição, e após muito incentivo dos amigos e da patroa, que cuida da minha parte física, vimos que era a hora, e Dubai seria o palco perfeito”, explicou o professor do Emirates Team, que caiu dentro do master e venceu Thiago Vella na final acima de 95kg, por uma vantagem da meia-guarda.

“Senti um pouco aquela adrenalina do dia que antecede a competição, mas o trabalho feito por minha esposa Tatiana Haritoff me deu tranquilidade. Eu recordei cada ensinamento do meu mestre Fabrício Martins antes de entrar no tatame. Tirando um pouco de tempo das posições, foi um retorno razoável. E o principal: pude mostrar a essa molecada daqui que idade não é nada, o que vale é a vontade de estar lá, de se testar e superar as dificuldades e lesões pelo simples motivo de fazer parte da festa”, concluiu Sid.

Pedro Henrique fecha com Alex Trans no absoluto

O dia 19 foi reservado para as disputas sem kimono, que contaram com 120 competidores, distribuídos nas categorias adulto e master, da faixa-branca à preta.

No absoluto preta sem pano, o campeão foi Jiddu Bastos Lemos, que fechou com seu parceiro Alex Trans, ambos do Emirates Team. O absoluto roxa foi vencido por Ahmad Al Kadmani, lutador sírio da academia Sidekick, do Kuwait. Na faixa-marrom, o destaque ficou foi Victor Moraes, brasileiro radicado no Cazaquistão.

No dia 20, as feras vestiram o kimono, e quem reinou no absoluto faixa-preta desta vez foi Pedro Henrique Peres, do time dos Emirados.

O faixa-marrom Victor Moraes (Kazakhstan Team) voltou a vencer com o pano, brilhando no peso até 75kg e no absoluto.

O campeão absoluto roxa foi Zayed Al Kaabi (UAEJJ Team). Na faixa-azul, quem reinou no absoluto foi Saoud Al Hammadi (Al Jazira Clube), de 85kg.

Veja os resultados na faixa-preta adulto:

Absoluto faixa-preta:

1) Pedro Henrique Peres (UAE)
2) Alexander Trans (UAE)
3) Paulo José Pinto (Command Group)

Divisão até 75kg:
1) Alexandre Di Salgado (UAE)
2) Rafael De Colonhese (UAE)
3) Vitor Lattari (Al Ain Jiu-Jitsu Club)

Divisão até 85kg:
1) Ygor Dantas (UAE)
2) Filipe Bobrick (Command Group)
3) Lauro Netto (Al Ain Jiu-Jitsu Club)

Divisão até 95kg:
1) Paulo José Pinto (Command Group)
2) Karol Piotr Migo (Al Ain Jiu-Jitsu Club)
3) Alberto Gonzalez (Rio Grappling)

Divisão acima de 95kg:
1) Alexander Trans (UAE)
2) Faisal Al Ketbi (UAE)
3) Pedro Henrique Peres (UAE)

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe um comentário para Wesley Santos Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.